Você está aqui:  / Entradas e petiscos / Pães e biscoitos / Sanduíches / Como fazer pão sírio ou pão árabe (pão pita)

Como fazer pão sírio ou pão árabe (pão pita)

Eu amo fazer pães, acompanhar a transformação de farinha, fermento e água em massa acontecer nas minhas mãos. Só que ando tão cansada que só de pensar em começar o processo e esperar até o pão sair do forno, já desisto antes mesmo de começar.

Acontece que, para nossa alegria, existem as receitas mais rapidinhas e simples, que precisam de menos etapas do que os deliciosos e especiais pães de fermentação natural e, no fim, a gente fica feliz do mesmo jeito só de dar uma amassadinha rápida e ver logo o alimento pronto na mesa. Com ingredientes que a gente mesmo escolhe e sabe o que tem ali.

Pois finalmente resolvi colocar em prática esta receita fácil e rápida de pão sírio ou pão árabe (ou ainda pão pita, se você for mais chique). E adorei! Porque todo o processo é bem simples mesmo e porque é lindo ver o pão assando, inflando na frigideira.

Farei mais vezes, sempre que der vontade de comer pão sírio. Ah, e fica uma delicinha!

Como fazer pão sírio ou pão árabe (pão pita)

1/4 de xícara de água morna
1 colher de chá de óleo
1 colher de chá de fermento biológico seco
1 colher de chá de açúcar
3/4 de xícara de farinha de trigo
1 pitada de sal

Em uma tigela grande, dissolva o óleo na água morna.

Atenção: ela deve estar morna e não quente. Para ter certeza de que não vai matar seu fermento cozido, coloque o dedo (limpo, por favor 😉 ) dentro da água e a sensação deve ser confortável, quase de frio.

Junte o fermento e o açúcar e misture bem para dissolver. Deixe repousar por 5 minutinhos.

Enquanto isso, peneire a farinha com o sal. Depois dos 5 minutos, adicione a farinha à mistura líquida, mexendo bem com uma colher de pau para desfazer os grumos. A massa deve desgrudar da colher facilmente.

Ainda dentro da tigela, vá amassando a massa com as mãos, até que ela fique uniforme e fácil de modelar (cerca de 10 minutos). Cubra a massa com um pano de prato e deixe descansar em local protegido do vento até dobrar de tamanho (se estiver fazendo frio, enrole em uma toalha e coloque no lugar mais quente da casa ou dentro do forno desligado).

Dica: Para saber se a massa está pronta, antes de colocá-la para crescer, separe uma bolinha dela e mergulhe em um copo com água. Quando estiver pronta, a bolinha sobe à superfície. Deve ser cerca de 30 minutos.

Após a massa crescer, corte-a em 4 partes iguais e forme bolinhas. Salpique uma superfície limpa com um pouquinho de farinha e abra a massa formando discos o mais redondinhos possível. Cada um deles vai virar um pão sírio.

Aqueça uma frigideira de fundo liso, preferencialmente que seja antiaderente, em fogo alto.

Um a um, coloque os discos de massa na frigideira e abaixe em seguida o fogo para o mínimo. Depois de 1 ou 2 minutos o pão deve inchar. Verifique se a parte de baixo está começando a dourar, então vire o pão. Quando o outro lado também estiver dourado, retire o pão da frigideira e enrole-o com um pano de prato.

Limpe o excesso de farinha da frigideira e retorne-a ao fogo alto por uns 2 minutos, para que ela fique bem quente. Repita, então, com as outras massas, sempre limpando a frigideira e aquecendo-a antes de colocar outra massa e mantendo os pães “assados” embrulhadinhos. Lembre de abaixar o fogo para não queimar o pão enquanto ele “assa”.

Sirva seu pão sírio em seguida ou mantenha-o sempre em um saco de papel fechado ou embrulhado em pano de prato (isso mantém os pães macios por até uns 4 dias). Se quiser, coloque o pão sírio depois de frio dentro de um saquinho plástico, retire o excesso de ar e feche bem para congelar por até 3 meses. Antes de comer, você pode aquecê-lo em uma frigideira ou na torradeira.

Estas quantidades rendem 4 unidades médias de pão sírio. Se preferir, faça o dobro da receita (é só medir as quantidades duas vezes) e congele os pães para tê-los à sua disposição.

Consuma o pão sírio (ou árabe) em sanduíches ou acompanhe com:
_ Hommus (pasta de grão de bico)
_ Hommus de abacate
_ Hommus de beterraba
_ Guacamole
_ Labneh temperado no azeite (queijo cremoso libanês de iogurte)
Patê de cebolas caramelizadas (calorias reduzidas)
Molho pesto rosso alla calabrese (Pesto vermelho da Calábria)
Sardela (antepasto de sardinhas e/ou aliche)
Queijo cremoso com geleia de pimenta
Creme de queijo temperado
Antepasto italiano de berinjela (caponata)

Aproveite e confira mais Receitas árabes para fazer em casa. (clique no link para acessar)

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

3 Comentários

  • Mariana Calil

    /

    Olá, Luciana!

    Mas é só dobrar a receita, mesmo? Nem sempre isso dá muito certo com fermento, fiquei um tanto insegura…

  • Luciana Carpinelli

    /

    Oi, Mariana.
    Sim, é só colocar as medidas duas vezes que dá certinho. 😉

  • Chef em Casa Receitas

    /

    Como descendente, adoro esse pão mas nunca tentei. Agora chegou a vez! Darei notícias depois… Bjs

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: