Você está aqui:  / Doces, bolos e sobremesas / Merengue de frutas vermelhas

Merengue de frutas vermelhas

MerengueDeFrutasVermelhas_CozinhandoPara2ou1

Estas frutinhas vermelhas deliciosas, quando chegam frescas e bonitas até a gente, vêm junto de um preço bem alto. Por isso, são poucas as oportunidades em que me permito trazê-las para casa. As Festas de Fim de Ano, por merecem um capricho a mais, são uma delas.

E, desta vez, amoras e framboesas viraram uma sobremesa incrivelmente gostosa e hiper fácil de preparar — pode esquecer a desculpa de que não sabe cozinhar nada porque neste caso você não vai precisar nem de panelas! E o resultado é garantido. 😉

Merengue de frutas vermelhas

3/4 xícara de creme de leite fresco gelado (para bater chantily)
125g. de amoras frescas
125g. de framboesas frescas
+/- 50g. de suspiros pequenos prontos

Coloque o creme de leite bem gelado na batedeira em velocidade alta e bata até obter o ponto de picos (quando você levanta os batedores da batedeira, o creme forma picos altos que não desmancham) — mas fique atento para não bater demais e passar do ponto. Conserve-o na geladeira. (Se preferir, use chantily pronto em spray.)

Lave bem as frutas e escorra-as sobre papel absorvente. Caso queira, use outras variedades: morangos, cerejas, mirtilos, cranberries etc.

Em 4 taças ou tigelas menores ou em 2 maiores, comece a montagem: coloque uma camada de chantily, uma camada de suspiros quebrados, uma camada de fruta e vá repetindo até o topo da taça. Enfeite com frutas e suspiros inteiros. Para ficar mais bonitinho, use um saco de confeitar com bico ou chantily em spray para finalizar.

Como o ideal é montar a sobremesa na hora de servir, você pode deixar o chantily pronto e as frutas lavadas e montar na hora ou então colocar cada ingrediente em potes bonitos e levá-los à mesa para que cada um monte a sua porção.

Esta quantidade serve entre 2 e 4 pessoas.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: