Você está aqui:  / Carnes / Reaproveitamentos / Vegetais / Guisado de carne moída com legumes à Julienne

Guisado de carne moída com legumes à Julienne

wpid-img_20130116_141313.jpg

Para mim, a melhor forma de comer legumes, mesmo os que não gosto muito, é misturar com algo que eu goste bastante e temperar bem. Assim ficam saborosos e eu acabo gostando. E nunca é demais variar a forma de preparo, né? Por isso cortei tudo “à Julienne”. Veja como é simples!

Guisado de carne moída com legumes à Julienne

200g. de carne de primeira moída
1 xícara de legumes cortados à Julienne (cenoura, chuchu, beterraba, abobrinha, berinjela, pimentão etc.)
1/2 cebola picadinha
1 dente de alho picadinho
1/2 colher de sobremesa de azeite
1/2 colher de sobremesa de margarina
1 colher de sopa de molho inglês
1/2 colher de sopa de vinagre
1 pitada de ervas finas desidratadas
Azeitonas picadas (opcional)
Sal e pimenta do reino a vontade

Antes de começar, corte os legumes à Julienne. Este é uma forma francesa de apresentação em que você primeiro corta fatias dos legumes (ou carnes) e depois corta novamente em tirinhas, mais ou menos como se tivessem sido ralados. Alguns chefs discutem tamanhos ideais, como 6cm. x 3mm., mas para mim, o mais importante é que todos os pedacinhos fiquem mais ou menos com a mesma espessura para cozinharem igualmente. Você pode usar legumes em cubinhos, mas é bom variar a apresentação de vez em quando — e você terá quase o mesmo trabalho. Reserve os legumes cortados.

Em uma panela, derreta a margarina com o azeite, rofogue a cebola e o alho e acrescente a carne. Mexa bem e adicione o vinagre para deixá-la soltinha, o molho inglês, as ervas e tempere com um pouquinho de pimenta do reino e sal. Se quiser, coloque também as azeitonas. Deixe cozinhar em fogo baixo.

Quando a carne estiver cozida, acrescente os legumes e vá mexendo para que fiquem al dente. Desligue o fogo e mantenha tampado, caso não vá servir imediatamente — mas sugiro não aquecer muitas vezes para não deixar os legumes muito molengas.

Você pode servir como acompanhamento ou usar como recheio de tortas.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: