Você está aqui:  / Entradas e petiscos / Matinais / Sanduíches / Segunda Sem Carne / Sem glúten / Sem lactose / Vegetariana / Shakshuka, Eggs in purgatory, Huevos rancheros ou ovos no molho de tomate

Shakshuka, Eggs in purgatory, Huevos rancheros ou ovos no molho de tomate

Jpeg

Se tem uma coisa que eu gosto mesmo é de descobrir sabores e costumes gastronômicos típicos dos mais diferentes países. Alguns possuem ingredientes e temperos muito típicos, daqueles que a gente já reconhece a origem só pelo perfume ou pelo tom picante, pelo toque doce, pelo exagero de especiarias…

Esta receita é um prato típico de diversos países, por isso tantos nomes estrangeiros no título: Shakshuka (de origem judia tunisiana e marroquina), Eggs in purgatory (ou “Uova in Purgatorio”, de origem italiana), Huevos rancheros (de origem mexicana) ou simplesmente ovos no molho de tomate. E, na verdade, este é um tradicional antídoto para ressacas homéricas em praticamente todo o mundo.

Aquele tipo de comidinha perfeita para quando a gente acorda tarde, abre a geladeira e decide preparar um café da manhã caprichado, quase um brunch, para um sábado ou domingo chuvoso e preguicento. Ou então para uma refeição rápida e prática para qualquer outra situação.

Shakshuka, Eggs in purgatory, Huevos rancheros ou ovos no molho de tomate

1 colher de sopa de manteiga
1 cebola roxa pequena
2 tomates italianos picadinhos
1/4 de xícara de água
1/4 de xícara de polpa ou extrato de tomate
2 ou 3 ovos
1 punhado de cheiro verde (salsa e cebolinha) picado
Sal e pimenta do reino
Pão para acompanhar

Derreta a manteiga em uma panela ou frigideira em que caibam os ovos quebrados. Coloque a cebola para refogar até começar a dourar.

Junte os tomates com a água, tempere com sal e pimenta do reino, mexa e deixe que amoleçam bem até começarem a formar um molho. Adicione a polpa ou extrato de tomate, misture bem. Quebre cada ovo em uma tigelinha e, então, derrame-o sobre o molho. Repita com os outros.

ComoFazerHuevosRancheros_CozinhandoPara2ou1

Cubra a frigideira com uma tampa e deixe cozinhar por cerca de 3-5 minutos, dependendo de como prefere a gema (mais mole ou mais cozida).

Distribua as ervas por cima e sirva em seguida. Esta quantidade serve entre uma e duas pessoas, dependendo do apetite.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

quinze − treze =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram