Você está aqui:  / Acompanhamentos / Tortas e quiches / Purê de batatas à pizzaiola

Purê de batatas à pizzaiola

puredebatataapizzaiola_cozinhandopara2ou1.jpg

Sabe quando você acorda e não tem forças para levantar da cama? Isso aconteceu comigo num domingo em que iria a um churrasco e, por isso, não tinha nada preparado para o almoço. Às 16h consegui me arrastar até a cozinha e o que deu pra fazer foi um purê coberto com cara de pizza, uma quase torta com base de batata. Gostei tanto da ideia que fiz questão de fotografar cada etapa para não esquecer mais desta opção quentinha, gostosa e super fácil para acariciar nosso estômago.

Para o purê de batatas
2 batatas médias cozidas e amassadas
1 colher de sopa de margarina
1 dente de alho picadinho
1/4 xícara de leite
Sal e pimenta do reino a vontade

Para a cobertura:
Molho de tomate
Fatias de muçarela
Parmesão
Tomatinhos em fatias
Azeitonas
Orégano

As minhas batatas já estavam cozidas, então só amassei com um garfo mesmo. Se elas estiverem cruas, corte-as (com casca) em rodelas de mais ou menos 1 cm. de espessura e cozinhe por 15 minutos em água fervente. Retire-as da água, tire a casca e então as amasse.

img_20140314_125015.jpg

Em uma panela pequena, derreta a margarina e refogue o alho até começar a dourar. Acrescente a batata amassada, misture bem para distribuir o alho e acrescente o leite, sal e pimenta do reino.

Vá mexendo até que fique um purê cremoso e depois cubra o fundo de um refratário com ele. Distribua o molho de tomate por cima, como em uma pizza.

Finalize com os queijos, o tomate, as azeitonas e salpique orégano. Se quiser, substitua os ingredientes de acordo com sua preferência.

comofazerpurepizzaiola_cozinhandopara2ou1.png

Leve ao forno pré-aquecido em 250ºC até que os queijos derretam. Sirva em seguida como acompanhamento (para até 2 pessoas) ou como um lanche. Neste dia, meu almoço foi só isso mesmo e valeu a pena.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: