You are here:  / Calorias reduzidas / Congelados / Sopas, cremes e caldos / Vegetais / Caldo de legumes caseiro (ou de galinha, de carne, de peixe)

Caldo de legumes caseiro (ou de galinha, de carne, de peixe)

wpid-img_20130716_122630.jpg

Caldo de legumes (de galinha ou de carne, por exemplo) podem ser facilmente encontrados em tabletes ou em pó. Mas nada substitui à altura um caldo caseiro feito com os legumes que você prefere e com a quantidade de sódio e de gordura que você quiser. É muito fácil de fazer e pode ficar congelado prontinho para ser usado em sopas e risotos, por exemplo.

1 dente de alho
1 cebola grande
1 cenoura média
1 talo de salsão/aipo
Ervas frescas ou desidratadas a vontade
1,5 litro de água

Lave bem os legumes, corte-os em pedaços não muito pequenos e coloque-os em uma panela. Adicione as ervas de sua preferência e a água e deixe ferver. Quando levantar fervura, abaixe o fogo e deixe cozinhar com a panela semitampada por pelo menos 40 minutos.

Eu prefiro não colocar sal para ficar mais neutro quando for usar, mas se quiser, tempere o caldo a gosto. Também não acrescento gordura para ficar bem light — se preferir, adicione a vontade (faça um refogado com os legumes ou regue com um fio de azeite).

Se quiser, pode acrescentar retalhos de carne, carcaça de frango (ou o peito que pode ser retirado e usado cozido ou desfiado depois) ou de peixe/camarões.

Desta última vez, acrescentei 2 colheres de sopa de missô (pasta de soja fermentada) para ficar um pouquinho mais nutritivo, depois de pronto.

Você pode congelar somente o caldo ou também os legumes. Eu costumo congelar metade do caldo coado em forminhas de gelo e a outra metade com os legumes em potes ou sacos plásticos para virar sopa. Assim, na hora de usar, você descongela somente a quantidade necessária para a preparação.

Dica: estes legumes acima são os mais básicos para o caldo caseiro, mas você pode enriquecer sua receita com outros ingredientes disponíveis na geladeira (abobrinha, chuchu, brócolis, repolho, couve, agrião, alho poró, batata, mandioquinha etc. — inclusive folhas, talos e sobras. Eu costumo congelar em um saco tipo ziploc as pontas e talos de legumes que utilizo no dia a dia e, quando tenho uma boa quantidade, preparo o caldo com eles.).

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

3 × quatro =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram