Você está aqui:  / Arroz e Risotos / Segunda Sem Carne / Sem lactose / Vegana / Vegetais / Vegetariana / Risoto vegano de cogumelos (sem lactose)

Risoto vegano de cogumelos (sem lactose)

Ah, esses quiabos tostadinhos que aquecem meu coração toda vez que aparecem na minha mesa! ❤️

Dia desses, resolvi fazer um risotinho de cogumelos. Usei cogumelos Paris frescos com shitake e funghi chileno desidratados para deixar ainda mais saboroso.

Como comecei a ideia assim, resolvi testar uma variação da receita de risoto cremoso vegano que já está no blog e aproveitar para orientalizar um pouquinho mais. Juntei, então, óleo de gergelim torrado, um pouquinho de shoyu e olha, virou um dos risotos mais gostosos que já fiz!

Servi salpicado de cebolinha da horta e com um fio de azeite e não resisti ao quiabo, que até deu um toque artístico (e delicioso) ao prato.

Risoto vegano de cogumelos

150g. de cogumelos frescos (shimeji, shitake, Paris etc.)
30g. de funghi secchi (cogumelos desidratados)
1/2 xícara de vinho branco
1 colher de sopa de azeite
1 colher de sopa de óleo de gergelim
1/2 cebola bem picadinha
2 dentes de alho amassados ou bem picados
1 xícara de arroz para risoto (arbório, carnarolli)
2 colheres de sopa de missô (pasta de soja fermentada)
3 xícaras de caldo de legumes (de preferência caseiro — veja AQUI como fazer)
1 colher de sopa de molho shoyu
1 pitada de sal (se necessário)
Pimenta do reino a vontade
Cebolinha fresca fatiada para finalizar

Coloque o funghi para hidratar no vinho (ou em água quente) e deixe descansar por pelo menos uns 20 minutos. Depois deste descanso, retire os pedaços de cogumelo, escorra-os bem e corte-os em pedaços menores. Reserve o líquido.

Aqueça o caldo até ferver e desligue. Enquanto isso, coloque uma panela no fogo médio e aqueça o azeite com o óleo de gergelim para refogar a cebola e o alho sem deixar dourar.

Coloque os cogumelos em pedaços não muito pequenos e deixe refogar, sem mexer, até que comecem a dourar. Retire os cogumelos e reserve-os.

Na mesma panela, acrescente o arroz (não precisa lavar) e misture para distribuir bem o sabor. Regue o arroz refogado com o vinho do molho do funghi, mexa e espere que quase seque (as pontas do arroz devem ficar transparentes).

Depois, coloque uma concha do caldo e misture de vez em quando para não grudar até quase secar. Aos poucos, sempre que estiver secando, vá acrescentando conchas do caldo e mexendo até que o arroz fique quase al dente (vá experimentando sempre para não errar o ponto). Esse processo deve demorar cerca de 15 minutos e usar mais ou menos das 2 xícaras e meia de caldo.

Coloque os cogumelos refogados e o funghi hidratado e incorpore bem. Espere uns 2 ou 3 minutinhos para que os cogumelos aqueçam.

Quando o arroz estiver pronto (com o arroz al dente, cremoso, sem muito caldo mas também não muito seco), retire a panela do fogo e apoie-a sobre a pia. Junte o missô, o shoyu e uma boa pitada de pimenta do reino e misture para integrar tudo muito bem. Prove e, se precisar, corrija o sal.

Coloque as porções do risoto vegano cremoso e finalize com a cebolinha picada. Se quiser, regue com um fiozinho de azeite e enfeite o prato com Quiabo crocante.

Esta receita serve bem duas pessoas.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


@CozinhandoPara2ou1 no Instagram


%d blogueiros gostam disto: