Você está aqui:  / Acompanhamentos / Calorias reduzidas / Segunda Sem Carne / Vegana / Vegetais / Vegetariana / Como fazer cogumelos shitake acebolados

Como fazer cogumelos shitake acebolados

Ah, um bifão acebolado, hein? 😋

Confesso que nunca fui muito fã do bife em si, mas aquela cebola amolecida no fundo tostadinho da frigideira sempre foi um ponto fraco.

Hoje resolvi fazer cogumelos shitake acebolados, mas com muita cebola mesmo, pra matar a vontade de vez! E não é que deu supercerto?

Adorei o resultado. Eita comidinha boa, meudeus! 😍

Como fazer cogumelos shitake acebolados

250g. de cogumelos shitake (de preferência grandes)
1 cebola grande em rodelas não muito finas
1 ou 2 dentes de alho bem picadinhos ou amassados
1 colher de sopa de molho inglês
2 colheres de sopa de água
Azeite, sal e pimenta do reino a vontade

Limpe bem os cogumelos com um paninho limpo ou papel toalha e retire os cabinhos com cuidado para não furar o topo (guarde esses cabinhos para fazer outra preparação).

Aqueça uma frigideira e unte-a com um fio de azeite. Coloque os cogumelos com a parte de cima virada para baixo e espere começar a tostar, sem mexer. Vire e espere começar a tostar (precisa ficar meio queimadinho para deixar a frigideira “suja”). Retire os cogumelos e reserve.

Na mesma frigideira, coloque as rodelas de cebola, o molho inglês e a água. Misture um pouco, salpique com uma pitada de sal e deixe que ela amoleça, mexendo para dissolver o queimadinho do fundo da frigideira. Quando a cebola já estiver mais flexível, junte o alho e deixe refogar por mais uns 3 ou 4 minutos.

Puxe as cebolas para os lados da frigideira e retorne os cogumelos. Dê uma leve misturada para distribuir bem os sabores e prove — corrija o sal, se precisar, e tempere com pimenta do reino.

Sirva em seguida os cogumelos shitake acebolados. Estas quantidades rendem duas porções.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


@CozinhandoPara2ou1 no Instagram


%d blogueiros gostam disto: