Você está aqui:  / Acompanhamentos / Entradas e petiscos / Segunda Sem Carne / Sem glúten / Sem lactose / Vegana / Vegetais / Vegetariana / Vagem agridoce oriental

Vagem agridoce oriental

Para esta vagem agridoce oriental, me inspirei no acompanhamento que é servido no restaurante Sukiya. Faz muito tempo que não apareço por lá e estava com vontade de comer sem precisar voltar.

Na primeira tentativa de reproduzir esse prato, cozinhei as vagens cortadas no próprio tempero. O resultado ficou bem gostoso, mas elas ficaram meio molengas e o sabor ainda não era o que eu esperava.

Depois disso, ainda fiz mais uns testes variando o modo de preparo para chegar a esta receita, com uma vagem mais crocante e bem envolvida com um molho agridoce levemente apimentado — e finalmente desta vez ficou igualzinha à do restaurante! Vale a pena experimentar.

E você pode servir como acompanhamento ou então como uma comidinha gostosa para acompanhar a cerveja gelada no happy hour. Aposto que vai ser um sucesso.

Vagem agridoce oriental

150g. de vagens
1 colher de chá de óleo de gergelim
1 colher de chá de açúcar mascavo
1 colher de chá de gergelim tostado
1 colher de café de togarashi (tempero japonês apimentado)
4 colheres de sopa de molho shoyu
1/4 de xícara de óleo vegetal para fritar

Lave bem e enxugue as vagens. Corte-as em duas ou três partes, como preferir. Reserve.

Em uma tigela não muito pequena, misture bem o óleo de gergelim, o açúcar mascavo, o gergelim, o togarashi (se não encontrar, você pode substituir por páprica picante — não vai ficar igual, mas garanto que fica ótimo!) e o shoyu, formando um molho homogêneo.

Coloque o óleo em uma panelinha e leve ao fogo médio. Eu costumo colocar um palito de fósforo apagado dentro do óleo e esperar que ele acenda (isso significa que o óleo está quente o suficiente para a fritura. Aos poucos, coloque os pedaços da vagem para fritar até começar a dourar. Retire com cuidado e coloque para escorrer sobre papel absorvente. Repita com todos os pedaços.

Antes que a vagem esfrie, coloque-a na tigela com o molho, misturando para distribuir o tempero. Sirva em seguida.

Estas quantidades rendem até três porções como acompanhamento — mas tenho certeza que você não vai conseguir comer só um tiquinho dessa vagem agridoce oriental.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: