Você está aqui:  / Acompanhamentos / Segunda Sem Carne / Sem glúten / Vegana / Vegetais / Vegetariana / Polenta de painço

Polenta de painço

Acho que não é novidade que sou apaixonada por uma boa polenta, né? Para mim é o melhor exemplo de comida reconfortante, daquelas que fazem um afago na alma enquanto a gente saboreia, sabe? Tipo comida de mãe, de vó…

Esta polenta de painço é uma variação super interessante. Assim como o milho, ele não contém glúten, mas é muito mais nutritivo que o milho e, melhor ainda, não é transgênico.

Aliás, painço é um grão integral muito comum na alimentação de pássaros que, assim como a quirela ou canjiquinha de milho, começou a ser bastante consumida por humanos por causa de seus benefícios nutricionais. Além de ser uma ótima fonte de fibras, proteínas e vitaminas, ainda tem alta concentração de minerais essenciais para o funcionamento do nosso organismo como magnésio, triptofano, manganês e fósforo. Além disso, contribui para o processo de digestão, controlando a absorção de gorduras e ajudando no processo de metabolização da glicose.

Geralmente o painço é cozido como arroz e, no prato, fica muito parecido com o cuscuz marroquino (veja aqui como preparar um Painço ao limão com legumes). Mas desta vez, vamos preparar um creme espesso com os grãozinhos, que é uma ótima alternativa à polenta comum.

Não vou bancar a Bela Gil aqui e te sugerir que substitua a polenta pelo painço, mas por que não ter mais uma escolha para enriquecer o cardápio? Além de tudo, o painço é bem baratinho.

Polenta de painço

3/4 xícara de painço para consumo humano (o para aves não deve ser consumido)
1 e 1/2 xícaras de caldo de legumes
1 e 1/2 xícaras de leite
1 dente de alho bem picadinho
1/2 cebola picada
2 a 3 colheres de sopa de queijo ralado (opcional)
Azeite (ou manteiga), sal e pimenta do reino

Coloque o painço em uma peneira e lave-o em água corrente, escorrendo bem depois. Aqueça uma panela pequena e coloque o painço lavado. Vá misturando com uma colher de pau até que os grãos comecem a dourar, sem deixar queimar (podem ficar amargos). Retire da panela e reserve.

Na mesma panela, aqueça um bom fio de azeite (ou 1 colher de sopa de manteiga) e coloque o alho e a cebola para refogarem, até ficarem transparentes. Retorne o painço, junte o caldo de legumes e o leite ao painço e deixe cozinhar em fogo baixo e com a panela parcialmente tampada por 20 minutos. Misture de vez em quando para evitar que grude no fundo da panela.

O painço deve estar cozido e bem macio. Continue cozinhando sem parar de mexer para que ele vá engrossando, até obter um purê. Adicione o queijo ralado, se for usar. Caso queira a polenta mais cremosa, bata com um mixer.

Prove e tempere com sal e pimenta do reino.

Sirva em seguida com um bom molho ou, se preferir, espalhe em um refratário untado e deixe esfriar. Mantenha da geladeira por pelo menos 2 horas para firmar e, então, cortar em palitos e fritar como polenta.

Esta quantidade serve duas porções de polenta de painço.

*O painço para consumo humano geralmente é vendido em lojas de alimentos naturais a granel (comprei 350g. por R$4). Em algumas grandes redes de supermercado também é possível encontrar.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: