Você está aqui:  / Calorias reduzidas / Peixes e frutos do mar / Vegetais / Peixe recheado com vegetais ao forno

Peixe recheado com vegetais ao forno

Com um litoral tão extenso e rico como o nosso, não consigo entender porque não temos o hábito de servir pratos feitos com os pescados. Grande parte dos brasileiros não tem o costume de comer peixe. Tenho amigos que comentam que só consomem peixe no restaurante japonês, de vez em quando.

Como quase todas as espécies têm proteína de boa qualidade, grande concentração de vitaminas e, principalmente, ômega 3 — um tipo de gordura indispensável ao organismo, tenho procurado formas de variar o preparo para que ele esteja sempre nos meus cardápios. E já que engrosso o coro pelo consumo mais frequente dos frutos do mar, separei uma receitinha deliciosa, linda e fácil de peixe recheado com vegetais ao forno.

Escolha seu peixe preferido, de preferência o mais fresquinho possível, e prepare esta beleza na sua casa.

Peixe recheado com vegetais ao forno

1 peixe limpo de 200-250g. (usei porquinho mas pode usar outro de sua preferência)
1 talo de cebolinha fresca
2 fatias finas de cebola roxa
1 colher de sopa de limão espremido
Azeite, sal e pimenta do reino a vontade

Se o peixe não estiver limpo, retire as escamas e a cabeça e abra a barriga, retirando as vísceras. Lave e enxugue com papel absorvente.

Unte uma assadeira ou refratário que possa ir ao forno com um bom fio de azeite e coloque o peixe. Delicadamente abra a barriga e recheie com as rodelas de cebola e a cebolinha cortada em 3 partes. Tempere com sal e pimenta do reino.

Regue com o suco de limão e com um fio de azeite. Cubra com papel alumínio e leve ao forno preaquecido em 180ºC por 15 minutos. Retire o alumínio com cuidado (vai sair um vapor bem quente!) e retorne ao forno por mais 5 minutos para dourar um pouquinho a superfície. O peixe deve estar assado após este tempo.

Sirva o peixe recheado em seguida. Eu acompanhei de uma salada colorida.

Estas quantidades rendem uma porção. Para servir mais pessoas, basta multiplicar as quantidades pelo número de pessoas.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: