Você está aqui:  / Entradas e petiscos / Sanduíches / Segunda Sem Carne / Sem glúten / Sem lactose / Vegana / Vegetais / Vegetariana / Homus de cenoura

Homus de cenoura

Hommus de cenoura é um excelente exemplo do meu tipo preferido de comidinha: é uma variação interessante do homus clássico (feito apenas com grãos de bico), é bem rápido e fácil de fazer, e além disso ainda é repleto de sabor e de nutrientes. Tudo junto e misturado pra deixar nossa mesa sempre colorida e diversificada sem complicar nossa rotina do dia a dia.

É exatamente isso que me fascina no trabalho da Rita Lobo. Ela ensina que é possível se alimentar bem com comida de verdade sem muito esforço, e que dá para variar as preparações e deixar os ingredientes de sempre com outra cara para a gente não enjoar e dizer que não gosta mais do mesmo. Como este belo homus de cenoura.

E já sabe, né? Receita que funciona, do Panelinha.

Homus de cenoura

3/4 de xícara de cenoura ralada
3/4 de xícara de grão de bico cozido e escorrido
1 dente de alho
3 colheres de chá de tahine (pasta de gergelim)
1 limão espremido
2 colheres de sopa de água filtrada
Azeite, sal e páprica a vontade
Amendoim tostado e picado grosseiramente para servir

Aqueça um bom fio de azeite em uma panela no fogo médio. Adicione o alho e mexa por um minutinho.

Junte a cenoura ralada, tempere com uma pitada de sal e refogue por 5 minutos, até murchar.

Coloque o grão de bico e a cenoura refogada com o alho no processador e tempere com o tahine, o caldo de limão, cerca de 2 colheres de azeite e 1 colher (chá) de sal. Bata até formar uma pasta. Aos poucos, vá adicionando a água até alcançar a consistência desejada (mais rústica ou mais lisa e cremosa).

Transfira o homus de cenoura para uma tigela, regue com azeite, polvilhe com uma pitada de páprica e amendoim a gosto. Sirva a seguir.

Esta quantidade serve bem até 4 pessoas como entradinha ou 2 como acompanhamento.

Eu servi com o Pão sírio caseiro cortadinho em triângulos, mas você pode usar em sanduíches ou montar um prato bonito com ele como acompanhamento.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: