Você está aqui:  / Acompanhamentos / Segunda Sem Carne / Vegetais / Vegetariana / Farofa de banana

Farofa de banana

Já contei aqui que sou a louca da farofa: amo e combino com tudo (até só com ela mesma, se for o caso). Mas esta farofa de banana é especial porque esta é uma receita do amor que a nutri Raquel Labonia publicou.

E eu acho super simbólico uma nutricionista ensinar receita de farofa, uma preparação feita basicamente com a farinha e a gordura da manteiga. Porque faz todo sentido a nutri que fala de comida de verdade e comida afetiva dar esta receita que é saudável, sim senhor.

A gente come essa farofa de verdade, de farinha com manteiga, bem gostosa — COM MODERAÇÃO, é claro — e fica feliz. Alimenta o corpo mas também faz um afago na alma com as lembranças da comida da vó, da mãe, da tia… A gente come a farofa, que tem nutrientes necessários para o nosso organismo, incluindo o carboidrato, e tem energia e alegria para continuar o dia.

A gente come comida de verdade, preparada com amor e apenas ingredientes que a gente conhece (e gosta, por que não?) e continua com a alimentação em dia. Porque mais importante do que se privar de qualquer grupo alimentar é ter equilíbrio e manter a mente saudável, sem transformar a comida em quantidade de calorias ou vetores de glúten ou lactose.

Siga a dica da nutri e seja feliz com sua farofa de banana — e deixa o peso na consciência pra lá! 😉

Farofa de banana

3 colheres de sopa de manteiga com sal
1/2 cebola média picadinha
1 banana da terra em rodelas
1 e 1/2 xícara de farinha de mandioca e/ou de milho flocada
Sal e pimenta do reino a vontade

Aqueça uma frigideira alta ou panela, derreta metade da manteiga e doure a cebola picadinha.

Acrescente a banana da terra e espere até ela amolecer e quase desmanchar. Junte o restante da manteiga e vá colocando aos poucos a farinha. Como eu tinha dois restinhos, usei metade da farinha de mandioca e metade da farinha de milho.

Misture bem e sirva sua farofa de banana com muito amor. Eu acompanhei a Moqueca de palmito pupunha com esta delícia.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: