Você está aqui:  / Entradas e petiscos / Vegetais / Batata cozida com vagem, creme de queijo e salame

Batata cozida com vagem, creme de queijo e salame

A ideia era fazer uma batata bem gostosa com um creminho de queijo e pedacinhos de salame para enfeitar e ficar ainda mais interessante. Mas aí para deixar o prato mais completo e saudável, montei uma “cama” de vagem — se você preferir, deixe-a de fora.

Batata cozida com vagem, creme de queijo e salame

2 batatas pequenas
3 a 4 vagens macarrão em pedaços de mais ou menos 1cm.
1 colher de chá de bicarbonato de sódio (opcional)
1 colher de sopa de cebola em cubinhos
1/2 dente de alho picadinho
1/2 xícara de leite
1 colher de sopa de queijo ralado
1 colher de sopa de requeijão
1 colher de chá de ervas finas
1/2 colher de chá de maisena
3 fatias de salame italiano picadinho
Azeite, sal e pimenta do reino

Corte as batatas na metade e cozinhe em água com uma pitada de sal por 8 a 10 minutos até ficarem macias mas não desmanchando. Retire da água e mantenha-as aquecidas.

Acrescente o bicarbonato de sódio na água e afervente as vagens cortadas por 2 a 3 minutos. O bicarbonato mantém o verde vivo, mas não é imprescindível. Após o tempo de cozimento, passe a vagem em água fria e reserve também.

Separe 2 colheres de sopa do leite e dissolva a maisena.

Em uma panela, aqueça o azeite e refogue o alho e a cebola, sem deixar dourar. Acrescente o leite, o requeijão, as ervas e o queijo ralado e mexa até ficar uniforme. Acrescente a maisena com leite e misture bem em fogo baixo até engrossar.

Coloque as vagens em um prato ou refratário, tempere com sal e pimenta do reino, arrume as batatas e derrame o creme por cima. Para finalizar, distribua o salame picadinho sobre todo o prato.

Esta receita pode ser servida como entrada para 2 pessoas ou como prato principal para 1 pessoa. Acompanhe com uma salada.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


@CozinhandoPara2ou1 no Instagram

%d blogueiros gostam disto: