Você está aqui:  / Congelados / Entradas e petiscos / Matinais / Pães e biscoitos / Sem glúten / Pão de queijo tradicional

Pão de queijo tradicional


Não tem jeito: pão de queijo de verdade mesmo é o mineiro. E eu sempre me perguntei qual era o meu erro, porque eu nunca conseguia fazer um pão de queijo tão gostoso, mesmo com os melhores queijos vindos direto da terrinha. Até que descobri: o segredo está no polvilho!

Tenho um amigo que mora no sul de Minas e sempre fala desse polvilho especial para pão de queijo da Tupguar, que é artesanal, fermentado naturalmente (sem aditivos químicos) e seco ao sol. Meus pais foram fazer um passeio na região, então foi a oportunidade de experimentar. Além dos queijos e compotas, encomendei um lote de polvilhos de lá.

E não é que meus parâmetros para um bom pão de queijo subiram — e muito? Finalmente comi o melhor pão de queijo da vida (feito por mim)! Ele fica com uma crosta super crocante e o interior molhadinho, macio, derretendo.

Aliás, descobri depois que o melhor pão de queijo de São Paulo, que já recebeu inúmeros prêmios, é feito pela chef Heloísa Bacellar para o Lá da Venda com este mesmo polvilho. Ou seja, fica a dica (para quem quiser provar, descobri que eles vendem o polvilho em uma embalagem da casa, com o índio — veja a foto abaixo).

Pão de queijo tradicional

2 xícaras de polvilho doce ou especial para pão de queijo
2 xícaras de queijo da Serra da Canastra ou meia cura ralado grosso
3/4 de xícara de água
1/4 de xícara de óleo
1 colher de chá de sal (ou menos)
2 ovos

Antes de começar, experimente o queijo e veja se está muito salgado. Em caso positivo, você vai precisar apenas de uma pitadinha de sal. Se não, use 1 colher de chá de sal (prove a massa depois e, se necessário, acrescente mais).

Misture o leite, o óleo e o sal em uma caneca e leve ao fogo alto. Desligue assim que começar a ferver.

Em uma tigela, coloque o polvilho e, aos poucos, vá juntando o líquido quente, mexendo sempre com uma colher de pau para dissolver bem os grumos.

Também aos poucos, vá juntando o queijo ralado à massa, misturando bem com a colher de pau até que consiga amassar com as mãos. Adicione os ovos e integre-os completamente, aproveitando para dissolver todos os grumos. A massa vai ficar mesmo grudenta.

Cubra a tigela com plástico filme e deixe na geladeira por cerca de 20 minutos. Durante esse tempo, preaqueça o forno em 200ºC.

Para enrolar os pães de queijo, molhe as mãos com um pouquinho de água (ou azeite, se preferir). De preferência, use uma colher de sopa para medir a massa, assim as bolinhas ficam com o mesmo tamanho. Vá colocando em uma assadeira untada com um fiozinho de azeite, deixando pelo menos três dedos de distância entre um e outro.

Leve ao forno até que o pão de queijo esteja douradinho.

Dica: se quiser congelar, distribua as bolinhas de massa em uma assadeira e, antes de assá-las, leve ao congelador por cerca de 2 horas. Assim que estiverem congeladas, transfira as bolinhas para um saco bem fechado e deixe no congelador por até 3 meses. O pão de queijo vai direto do congelador para o forno preaquecido.

Não conhecia este polvilho especial para pão de queijo e me surpreendi com o resultado: melhor pão de queijo da vida!

Uma publicação compartilhada por Receitas rápidas e fáceis (@cozinhandopara2ou1) em

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

2 × 4 =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram