Você está aqui:  / Congelados / Entradas e petiscos / Massas e molhos / Saladas e molhos / Sanduíches / Segunda Sem Carne / Sem glúten / Vegetais / Vegetariana / Molho pesto brasileiro

Molho pesto brasileiro

MolhoPestoBrasileiro_Cozinhandopara2ou1

Um molho pesto com sotaque bem brasileiro, foi esta a minha última aventura de improvisação gastronômica. Como já contei algumas vezes por aqui, uma das minhas diversões preferidas é abrir a geladeira, investigar o que tem ali à minha disposição e fazer um exercício criativo para descobrir como combinar os ingredientes em um prato gostoso.

Com apenas cheiro verde nas mãos, quase desisti e apelei para o delivery. Entretanto, antes de entregar os pontos, fui explorar a despensa para me certificar de que não havia mesmo nenhuma opção para transformar um maço bonito de tempero em refeição. Foi então que bati os olhos nas castanhas de baru, me lembrei do pedaço de queijo canastra e encontrei alguns dentes de alho perdidos. Pronto, não precisava mais nada além de um bom azeite e de uma massa al dente para preparar uma versão do meu molho preferido, o pesto.

Gostei tanto da ideia que nem titubeei antes de colocar tudo no processador de alimentos e deixar a mágica ser feita com a mistura dos sabores. E o resultado ficou tão bom que acho que acabou empatando com o tradicional pesto genovese, feito com folhinhas de manjericão, queijo parmesão e pinoles. 😉

Molho pesto brasileiro (cheiro verde, castanha de baru e queijo canastra)

1/4 xícara de azeite extra virgem
1 xícara de cheiro verde grosseiramente picado (salsa e cebolinha)
1/4 xícara de castanhas de baru (ou de nozes ou de castanhas do Pará)
3 colheres de sopa de queijo canastra ralado (ou parmesão)
1 dente de alho
Sal a vontade

Misture todos os ingredientes e mexa bem. Você pode fazer da forma tradicional, socando em um pilão que não seja metálico, ou agregando tudo no liquidificador ou em um processador de alimentos (parando e usando uma espátula para empurrar os ingredientes para baixo sempre que necessário). Prove e tempere com sal, se precisar.

Dica: as castanhas de baru e o queijo canastra eu comprei no Mercado de Pinheiros em São Paulo. Se você ainda não o conhece, clique AQUI para acessar o post completo sobre meu passeio por lá e ver todas as dicas.

ComoFazerPestoBrasileiro_CozinhandoPara2ou1

Esta receita rende o suficiente para envolver duas porções bem servidas de massa (cozidinha al dente, é claro!). O pesto deve apenas lubrificar a massa, ela não precisa ficar mergulhada nele. E, como já tem queijo ralado nos ingredientes, não é necessário servi-lo à parte.

Este pesto pode ser congelado pronto. Para isso, coloque-o em forminhas de gelo, leve ao congelador e, quando ficar firme, retire da forma e guarde em sacos plásticos bem fechados. Para utilizar, descongele na geladeira de um dia para o outro e deixe em temperatura ambiente antes de envolver a massa. Caso vá utilizá-lo mais rapidamente, deixe na geladeira em pote tampado por até uns 5 dias.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

3 × cinco =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram