Você está aqui:  / Saladas e molhos / Segunda Sem Carne / Sem glúten / Vegana / Vegetais / Vegetariana / Salada grega (Choriátiki Saláta, com tomate, cebola roxa, pepino, queijo e azeitonas)

Salada grega (Choriátiki Saláta, com tomate, cebola roxa, pepino, queijo e azeitonas)

SaladaGrega_CozinhandoPara2ou1

Os clássicos tornam-se clássicos justamente por serem uma combinação perfeita e agradável. É exatamente este o caso da famosa salada grega, que combina legumes com sabores bem particulares com o toque salgado do queijo e das azeitonas.

Para mim, um bowl deste basta como uma refeição leve, tipo um jantarzinho gostoso em noites mais quentes. Para complementar, no máximo uma fatia de pão ou umas torradinhas e já fico feliz.

Como as temperaturas estão começando a subir, não perdi tempo e já trouxe uma receitinha de salada para cá. 🙂

Salada grega (Choriátiki Saláta)

1 tomate médio
1 pepino pequeno
1/2 cebola roxa pequena
100g. de queijo feta (você pode substituir por queijo branco, ricota firme ou tofu)
6 a 8 azeitonas, preferencialmente pretas
1 colher de chá de orégano
4 colheres de sopa de azeite
Sal e pimenta do reino a vontade

Corte o tomate em 8 gomos e coloque sobre uma peneira. Salpique mais ou menos 1 colher de café de sal e espalhe sobre ele. Deixe descansar.

Corte a cebola em pétalas e coloque os pedaços em uma tigela com água bem gelada ou com gelo.

Corte o pepino em rodelas de mais ou menos 1cm. de largura e depois, as fatias em três ou quatro partes. Coloque em um bowl.

Corte o queijo em cubos não muito grandes e coloque junto com o pepino. Junte as azeitonas (como não tinha as pretas, usei verdes mesmo), o tomate e a cebola bem escorrida.

Tempere com pimenta do reino e o orégano. Regue com o azeite e misture bem antes de servir.

Esta quantidade serve 1 pessoa como uma refeição leve ou até duas pessoas como entrada.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

oito + 4 =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram