Você está aqui:  / Acompanhamentos / Cebolas douradas (cebolas árabes ou cebolas à tirolesa)

Cebolas douradas (cebolas árabes ou cebolas à tirolesa)

CebolasDouradas_CozinhandoPara2ou1

Amo cebola e a uso em praticamente todas as minhas receitas (salgadas, né? 😉 ). Quer opção mais perfeita do que transformá-la em acompanhamento? Para mim não existe! Além disso, este é um ótimo trunfo para incrementar a refeição quando não tem muita coisa na geladeira.

Esta preparação é bastante comum na culinária árabe mas na minha opinião combina com quase tudo e com qualquer tipo de carne — já usei até em cima do creme de quiches e na farofa. Minha combinação preferida, entretanto, é com kaftas e tabule: uma refeição super gostosa e bem fácil de preparar.

1 cebola grande
500ml. de água bem gelada
1 xícara de farinha de trigo
Sal e pimenta do reino a vontade
Óleo para fritar

Corte a cebola em rodelas não muito grossas, separe os anéis sem rompê-los e mergulhe-os na água gelada. Leve à geladeira por pelo menos uns 15 minutos.

Em um prato ou tigela, tempere a farinha de trigo com sal e pimenta do reino e misture bem.

Tire os anéis de cebola da água gelada e escorra-os bem. Passe-os pela farinha de trigo temperada para cobrir bem as superfícies e bata os anéis enfarinhados sobre a tigela para tirar o excesso de farinha.

Aqueça mais ou menos uns 3 dedos de óleo em uma panela alta e abaixe o fogo quando colocar os empanados por 2 a 3 minutos. Quando dourar, deixe-os escorrer um pouco sobre a panela e coloque-os sobre papel absorvente para retirar o excesso de gordura. Vá fritando aos poucos para não queimar.

Dica: Para saber se o óleo está em temperatura adequada para começar a fritura, você pode colocar um palito de fósforo ainda não aceso dentro da panela. Quando ele acender, dentro do óleo, você pode retirá-lo e começar a fritura.

Esta quantidade serve bem 2 pessoas.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

8 Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

11 − nove =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram