Você está aqui:  / Dicas da Nutri / Alimentação nas festas — menos regras, mais atenção

Alimentação nas festas — menos regras, mais atenção

2020 foi um ano atípico que está chegando ao fim. Quem diria que passaríamos por tudo isso, não é mesmo? Para algumas pessoas, as comemorações deste ano serão um pouco diferentes, mas uma coisa não pode faltar: a comida!

Nestas datas em que temos aquele menu especial com comidas saborosas, também existe o pensamento de aproveitar o momento para chutar o balde e depois pensar na dieta. Parece até que só existem dois extremos quando se trata da alimentação, fazer dieta ou enfiar o pé na jaca. Mas e nas datas comemorativas, como fica isso tudo?

Antes de qualquer coisa, é importante lembrar: em datas festivas é completamente natural consumir uma quantidade de alimentos maior do que o habitual, e isso não tem nenhuma relação com falta de foco, força e fé.

São tantas opções únicas que às vezes nem se sabe por onde começar, por isso é importante identificar: O que você realmente quer comer?

Algumas comidas só aparecem em certas datas, mas você já se perguntou se realmente gosta das sensações que aquela comida desperta ou se é apenas um hábito comê-la?

Além da comida

Entender o que você realmente quer comer é um primeiro passo muito importante, porém outras coisas também interferem na alimentação.

Temos aqui as três principais situações e algumas alternativas para ajudar na hora da refeição.

  1. A mesa com vários alimentos fica “te chamando”?
    É comum os alimentos serem servidos na mesma mesa em que será feita a refeição. Nesse caso, o que acha de chamar alguém para comer com você em um local diferente? Nada de se isolar de todos, mas pensar em uma possibilidade para que você não coma apenas porque a comida está lá te olhando, sem realmente estar com vontade.
    .
  2. São muitas opções únicas e você quer experimentar todas elas?
    Já conversamos sobre entender o que você realmente quer comer e, para ajudar, que tal antes de escolher parar e olhar todas as opções e depois montar o seu prato? Para evitar aquele pensamento de “preferia esse do que aquele, mas como já coloquei no prato agora eu como os dois”.
    .
  3. Costuma sentir desconfortos no corpo após comer?
    Quando gostamos muito de um alimento, ficamos tão ansiosos que acabamos comendo rápido demais e nem prestamos atenção ao sabor dele. Você já percebeu se realmente está apreciando aquele alimento, ou se na verdade está apenas ingerindo automaticamente e puxando o sabor da memória?

Coma devagar e depois de ter comido metade do prato se pergunte: ainda estou com fome ou já foi o suficiente?

É importante entender que a comida faz parte de um momento especial, mas também outras coisas são importantes, como a companhia de pessoas queridas (seja presencial ou virtual) e todas as sensações que o período das festas proporcionam.

E para te ajudar em caso de dúvida na hora de montar o seu prato, não se esqueça de variar os grupos dos alimentos! Não lembra quais são? Dá uma olhada na última dica de Como montar uma refeição completa que pode te ajudar.

Boas festas para todos!

.


Mariana Ribeiro é nutricionista e te ajuda a fazer escolhas alimentares mais conscientes, em sintonia com o seu corpo, de acordo com o que há disponível e sem tirar o seu prazer em comer! Possui aprimoramento em transtornos alimentares pelo Ambulim, graduação em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo e também é formada como Técnica em Nutrição e Dietética, pelo Centro Paula Souza..

_ Instagram: @maribeiro.nutri

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


@CozinhandoPara2ou1 no Instagram

%d blogueiros gostam disto: