Você está aqui:  / Acompanhamentos / Entradas e petiscos / Saladas e molhos / Segunda Sem Carne / Sem glúten / Vegetariana / Salada de canjica com molho pesto

Salada de canjica com molho pesto

Salada de canjica (sim, é isso mesmo!) com cebola roxa e molho pesto.

Canjica é um tipo de milho que eu adoro e é super famosa nesta época do ano, durante as Festas Juninas. Mas, além das receitas doces, uma boa ideia é usar os grãos para preparar uma salada super diferente e surpreendente!

À primeira vista pode parecer estranho, mas é exatamente o tipo de receita que eu mais adoro experimentar: quando usamos um ingrediente super comum de um jeito bem inusitado. E não é que fica ótimo?

Quando encontrei esta salada no site Panelinha, da Rita Lobo, nem pensei duas vezes e já resolvi testar! Gente, que coisa maravilhosa. Apenas experimentem!

Salada de canjica com molho pesto

1 xícara de canjica branca
2 xícaras de água filtrada
1/2 cebola roxa
3 colheres de sopa de molho pesto
Sal e pimenta-do-reino a vontade

Coloque a canjica em uma panela, cubra com a água, tampe e leve ao fogo médio. Se for uma panela de pressão, diminua o fogo quando começar a apitar e marque 20 minutos. Se usar uma panela comum, deixe cozinhar por cerca de 40-50 minutos (se precisar, coloque um pouco mais de água). Os grãos devem ficar cozidos, mas ainda firmes.

Enquanto a canjica cozinha, descasque e corte a cebola em meias-luas bem fininhas. Prepare o molho pesto.

Desligue o fogo da canjica e, caso tenha usado a panela de pressão, deixe todo o vapor sair antes de abrir. Escorra a água da canjica e deixe esfriar. Coloque em uma tigela, junte a cebola, tempere com azeite, sal e pimenta-do-reino a gosto. Sirva a salada de canjica a seguir, com o molho pesto por cima.

Estas quantidades servem até 4 porções. Conserve na geladeira por até uns 4 dias.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: