Você está aqui:  / Entradas e petiscos / Massas e molhos / Saladas e molhos / Sanduíches / Segunda Sem Carne / Sem glúten / Vegetais / Vegetariana / Pesto de rúcula com castanha do Pará

Pesto de rúcula com castanha do Pará

PestoDeRuculaComCastanhaDoPara_CozinhandoPara2ou1

O molho pesto é um molho tradicional de Gênova, que fica na Ligúria, Itália. Sua base são as folhas de manjericão italiano e é claro que os brasileiros usaram o famoso jeitinho para tropicalizar esta delícia.

Feito com rúcula e castanhas do Pará, acompanha super bem massas, pode ser usado para temperar carnes, legumes e saladas ou servido como antepasto com pães e torradinhas.

Pesto de rúcula com castanha do Pará

1 xícara de rúcula (sem os talos) bem apertadinha
3 colheres de sopa de castanhas do Pará/ castanha do Brasil grosseiramente picadas
3 colheres de sopa de queijo parmesão ralado (ou grana padano/pecorino)
1 dente de alho pequeno
+/- 1/4 xícara de azeite extra virgem
Sal a vontade

O maior segredo de um bom pesto é a escolha dos ingredientes. É claro que esta mistura de sabores interessantes fica boa até com um azeite ou queijo ralado mais comuns mas, quanto melhor forem os itens, melhor é o resultado. Eu costumo sempre aproveitar as promoções do supermercado mas, particularmente, gosto de escolher pelo menos um azeite extra virgem e, se der, também um pedacinho de grana padano, pecorino ou um bom parmesão nacional mesmo.

Para preparar o pesto, você pode usar um processador de alimentos ou um pilão de pedra, a forma mais tradicional. Eu usei um mixer com pote e lâmina para processar. Comece pulsando o alho com um pouco de azeite até formar uma pasta. Então acrescente a rúcula, o queijo, a castanha e um bom fio de azeite e processe ou amasse no pilão até ficar uma pasta homogênea.

comofazerpesto.png

 

Esta receita rende o suficiente para envolver duas porções bem servidas de macarrão cozido al dente. O pesto deve apenas lubrificar a massa, ela não precisa ficar mergulhada nele — uma dica importante é acrescentar umas 3 ou 4 colheres de sopa da água de cozimento para deixar o molho um pouco mais ralo e aderir homogeneamente. E, como já tem queijo ralado nos ingredientes, não é necessário servi-lo a parte.

Experimente também usar o pesto pronto para acompanhar carnes assadas ou grelhadas, temperar legumes, incrementar sanduíches e/ou saladas, ou então devorar com fatias de pães e/ou torradinhas. Se utilizar menos azeite, ele vira uma pastinha, quase um patê delicioso!

Este pesto pode ser congelado pronto. Para isso, coloque-o em forminhas de gelo, leve ao congelador e, quando ficar firme, retire da forma e guarde em sacos plásticos bem fechados. Para utilizar, descongele a quantidade necessária na geladeira de um dia para o outro e deixe em temperatura ambiente antes de envolver a massa.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

4 Comentários

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: