Você está aqui:  / Acompanhamentos / Como fazer / Segunda Sem Carne / Vegetais / Vegetariana / Farofa de cenoura

Farofa de cenoura

Jpeg

Farofa é, sem sombra de dúvida, minha comida salgada preferida. Amo porque é prática, fácil de fazer, dá para usar praticamente qualquer coisa que esteja na geladeira e, na maioria das vezes, também substitui uma refeição completa, dependendo dos ingredientes utilizados.

Mas definitivamente não existe acompanhamento mais brasileiro do que uma boa farofa — aliás, existe alguma ruim? (Acho que até hoje não tive o desprazer de descobrir!).

Esta semana, conversando com uma colega de trabalho, mencionei meu amor pelas farofas e ela disse: “ah, mas eu enjôo de comer sempre a mesma coisa!”. Meus amigos, com tantas opções de farofas no mundo, acho que daria para comer uma diferente por dia do ano sem repetir.

Aí comecei a listar as inúmeras possibilidades de combinações de farofa e me lembrei que esta estava aqui havia MUITO tempo esperando para ser publicada. Pois chegou o seu dia, minha querida.

E, para quem ainda tem dúvidas, sugiro conferir todas as dicas de Como fazer farofa e sugestões de variações.

Farofa de cenoura

1 colher de sopa de manteiga
1/2 cebola em cubos
1 dente de alho picado ou amassado
1 cenoura média ralada no ralo grosso
1 xícara de farinha de mandioca
1 raminho de alecrim bem picadinho
Sal e pimenta do reino a vontade

Em uma frigideira grande ou panela, derreta em fogo baixo a manteiga e coloque a cebola e o alho para refogar até começar a dourar.

ComoFazerFarofaCenoura_Cozinhandopara2ou1

Acrescente a cenoura, tempere com sal e pimenta do reino e misture. Deixe cozinhar até a cenoura começar a murchar mas que ainda esteja al dente.

Coloque a farinha e mexa até estar tudo muito bem distribuído. Finalize com o alecrim picadinho, misture mais uma vez e sirva em seguida.

Esta quantidade serve bem até três porções. Se sobrar, guarde em pote fechado na geladeira e depois aqueça rapidamente em uma frigideira.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

13 − 9 =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram