You are here:  / Acompanhamentos / Entradas e petiscos / Reaproveitamentos / Sem glúten / Receita de tater tots (bolinhos americanos de batata)

Receita de tater tots (bolinhos americanos de batata)

TaterTotsBolinhosDeBatata_CozinhandoPara2ou1

Este é um daqueles casos de comida que a gente vê tanto nas séries americanas que fica morrendo de vontade de experimentar mas não encontra para comer por aqui.

Os tater tots são bolinhos feitos com batata cozida e ralada, ou a escolha preferida do Joey, de Friends, para o jantar de Ação de Graças e da Mercedes, de Glee, em qualquer situação. Na verdade, este nome é uma marca registrada americana, que inventou os tais bolinhos, mas eles ficaram tão famosos são frequentemente reproduzidos em casa. Confesso que fazia tempo que não pensava nos famosos “tots”, mas outro dia encontrei uma foto linda no Pinterest que me lembrou da vontade esquecida.

Infelizmente não tinha uma receita vinculada à linda foto (era do cardápio de uma lanchonete dos EUA), então comecei a garimpar uma boa — e não encontrei. Todas que eu vi me pareciam pesadas e sem muito sabor (com bastante farinha e temperadas somente com um salzinho básico).

Como receitas de família são sempre um bom ponto de partida, adaptei a receita de uns bolinhos de batata que a minha Vó Nair costumava fazer com sobras do purê de batata e o resultado ficou incrível: os bolinhos ficaram tão levinhos que pareciam pedacinhos de nuvem! O segredo? Uma improvável combinação de maisena e maionese. Sim, pode acreditar.

E aproveitando, fica aquela dica de sempre: consuma sem exageros. Como costuma dizer uma amiga, a dieta dela é fazer do zero suas comidinhas mais calóricas — primeiro porque a gente já vai gastando umas calorias ao ralar as batatas e enrolar os bolinhos, por exemplo, e segundo porque a gente sabe exatamente o que está usando na receita, e assim evita excesso de aditivos que não fazem nada bem ao organismo.

De vez em quando pode sim. E sem muito peso na consciência! 😉

Tater tots (bolinhos americanos de batata)

+/- 400g. de batata (duas batatas médias)
1/4 de xícara de queijo parmesão ralado
1 colher de sobremesa de maisena
1 colher de sobremesa de maionese
1 colher de chá de ervas finas desidratadas
Sal e pimenta do reino a vontade
Óleo vegetal para fritar (eu prefiro o de girassol)

Lave bem as batatas, corte-as em 4 pedaços cada e coloque-as em uma panela com água suficiente para cobri-las. Leve ao fogo alto com a panela tampada e, quando começar a ferver, acrescente uma boa quantidade de sal. Deixe cozinhar até que as batatas estejam macias mas ainda firmes.

Escorra a água quente e enxágue-as com água fria. Então, retire as cascas e rale as batatas no ralo grosso.

Dica: se quiser, pode reaproveitar sobras de purê de batata. A textura vai ficar um pouco mais homogênea e não com os pedacinhos típicos da receita original, mas os bolinhos também ficam ótimos!

ComoFazerTaterTots_CozinhandoPara2ou1

Em uma tigela, junte os outros ingredientes e misture muito bem para distribuir bem os sabores e obter uma massa homogênea. Com as mãos, modele os bolinhos em formato cilíndrico.

Coloque mais ou menos uns 3 dedos de óleo vegetal em uma panela e leve para aquecer. Eu costumo colocar um palito de fósforo apagado dentro da panela e, quando ele acende, sei que está na temperatura correta.

Coloque, então, os bolinhos para fritar (não encha demais a panela para que o óleo não esfrie, o que deixa os bolinhos encharcados — eu fritei 5 por vez). Outra dica importante: use sempre óleo novo para as frituras de imersão, assim a gordura não fica tão saturada (e até a Bela Gil aprova friturinhas assim de vez em quando!).

Retire os bolinhos com uma escumadeira e deixe-os escorrer sobre papel absorvente. Sirva-os em seguida com Sour cream, ketchup e mostarda ou com os seu molho preferido.

Esta quantidade serve cerca de 2 pessoas como petisco e até 4 pessoas como acompanhamento ou entrada.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

2 Comments

  • Thiene

    /

    na falta da maionese, o q podemos usar para substituir?

  • Luciana Carpinelli

    /

    Thiene, não conheço um substituto para a maionese, mas você pode fazer sem (não vai ficar tão leve, mas garanto que continuará bom).
    😉

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

2 × três =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram