Você está aqui:  / Dicas da Nutri / Vamos à feira: dicas para escolher legumes e verduras sem erro

Vamos à feira: dicas para escolher legumes e verduras sem erro

VamosAFeira

 

Olá, tudo bem? Hoje vamos abordar um assunto que para muitos é um problema: como escolher os vegetais mais ideais para o consumo? E como conservá-los de maneira que durem mais?

Em primeiro lugar, o ideal é sempre preferir as frutas, legumes e verduras da época. Desta forma, encontramos produtos mais baratos, de melhor qualidade nutricional e que certamente irão durar mais em casa.

Quanto aos legumes e verduras, o ideal é analisar e evitar colocar no carrinho ou na sacola aqueles que apresentem a folhagem amarelada ou com pequenos furos. No caso das amareladas, podem estar velhas e, no caso dos “furinhos”, podem indicar proliferação de algum tipo de larva.

É importante saber que as folhagens que apresentam um aspecto queimado, indicam que passaram algum tempo em câmaras frigoríficas, ou seja, elas não irão durar muito na geladeira da sua casa!

Selecionei alguns legumes e verduras que geram mais dúvidas ao serem comprados, escolhidos e conservados. Veja abaixo as dicas:

Abóbora/Abóbora Japonesa (cabotian/cabochan)

Como comprar: Procure sempre olhar a casca, que deve ser lisa, sem manchas e sem brilho (as brilhantes indicam que o vegetal foi colhido muito cedo). Observe também o tamanho: abóboras muito grandes tendem a ser menos saborosas.

Como guardar:  A abóbora inteira se conserva bem fora da geladeira por até duas semanas. Se for picada, pode ser armazenada em potes de vidros bem fechados por três dias na geladeira. Após a cocção ou em forma de purê, pode ser congelada por 30 dias.

Agrião

Como comprar:  Compre maços com folhas verde-escuras e sem furinhos. Observe se não estão amareladas.

Como guardar: Infelizmente, o agrião dura pouco e deve ser consumido logo após a compra. Guarde na geladeira, em saco plástico ou vasilha fechada por no máximo três dias. As folhas podem ser congeladas por até 30 dias, mas só devem ser utilizadas para fazer suco verde.

Batata-doce

Como comprar: Prefira as raízes maiores, do tamanho da palma da sua mão. Devem estar firmes, com a casca fina e lisa – de preferência branca ou rosa – e sem cortes. Observe o cheiro dela — os tubérculos quando velhos apresentam um cheiro forte de terra.

Como guardar: Pode ser conservada em lugar seco e arejado, em temperatura ambiente. Não guarde na geladeira, pois a temperatura baixa deixa as raízes escurecidas, com cheiro e sabor alterados.. Pode ser congelada em forma de purê ou após ser cozida no vapor. Dessa forma dura até 30 dias.

Berinjela

Como comprar: Prefira as berinjelas de casca brilhante e não muito grandes — geralmente as maiores contêm mais sementes e fibras. Observe se a casca está lisa e sem “machucados”. É interessante comprar a berinjela com as folhas ainda grudadas a ela.

Como guardar: Na geladeira, dentro de saco plástico, por no máximo 15 dias. Conserve-as inteiras e com o “cabo” até o momento do consumo. Isso porque, depois de cortada, começa o processo de oxidação (por isso ela escurece rapidamente) e há redução do valor nutricional. Pode ser congelada após a cocção. Dura cerca de 20 a 30 dias refogada ou cozida no vapor, congelada.

Beterraba

Como comprar: Escolha sempre as beterrabas menores, com folhas bem vivas. Dessa forma as beterrabas ficam mais macias e duram muito mais tempo. Observe se a casca está lisinha e a raiz firme. Não compre a beterraba murcha — isso é sinal de que ela está velha e fibrosa.

Como guardar: A beterraba pode ser guardada em local fresco por até uma semana e, na geladeira, por cerca de 15 a 20 dias. Se estiver em ramo, retire as folhas e guarde-as separadamente em saco plástico. As folhas e talos podem ser usados no preparo de sopas e caldos. O tempo de vida das folhas e ramos é bem menor que o da própria beterraba.

Brócolis

Como comprar: Tanto o brócolis japonês (ninja) como o comum deve estar bem verde e sem manchas – áreas amareladas indicam que o vegetal está velho. O brócolis comum apresenta os botões das flores fechados.

Como guardar: Por ser um vegetal muito sensível e de baixa durabilidade, conserve-o na geladeira em um saco plástico perfurado por até quatro dias. Antes de guardá-lo, porém, retire as folhas murchas e as partes passadas. Uma ótima dica para o brócolis durar mais tempo é branqueá-lo (clique AQUI para ver como fazer) e congelá-lo em pote de vidro. Dessa forma, ele dura mais de um mês e você pode descongelá-lo e refogá-lo com temperos quando quiser. É uma forma prática de armazená-lo.

Chuchu

Como comprar: Selecione o de casca verde, lisinha e sem muitos espinhos. É importante observar se não existem pontos amarelados ou sem brilho, pois se estiver assim, pode estar velho.

Como guardar: Guarde-o embalado em saco plástico, na geladeira, por até uma semana.  Pode ser congelado cozido. Só tire o excesso de água antes do congelamento, utilizando um guardanapo, papel toalha ou qualquer papel absorvente.

Couve

Como comprar: Compre a verdura firme, com a folha verde-escura, sem manchas. Não compre a couve já picada em tirinhas. Apesar de prática, essa forma não é a ideal: assim que é cortada, a couve começa a perder nutrientes, especialmente a vitamina C.

Como guardar: Mantenha as folhas inteiras, sem retirar o talo. Conserve a couve em saco plástico, na geladeira, por até uma semana.

Couve-flor

Como comprar: Prefira a redonda, de cor branca ou creme. As folhas devem estar verdes e brilhantes. A couve-flor de forma achatada desmancha durante o cozimento.

Como guardar: Retire as folhas, coloque as flores em saco plástico e guarde na gaveta da geladeira por até cinco dias. Assim como o brócolis, pode ser congelada em pote de vidro após o branqueamento. Congele ainda sem tempero após cocção e refogue-a antes do consumo. Dura mais de um mês desta maneira.

Escarola

Como comprar: Descarte os maços que estiverem com folhas se soltando, murchas ou queimadas. As folhas de tom verde-escuro costumam ser mais ricas em nutrientes e mantêm o gosto amargo típico dessa verdura.

Como guardar: Na geladeira, deve ficar na parte mais baixa, em saco plástico fechado ou vasilha com tampa. Dura entre três e quatro dias.

Espinafre

Como comprar: O espinafre é muito delicado. É muito importante que as folhas estejam verdes, com cor uniforme e viva, sem partes murchas. Folhas amareladas e talos escurecidos indicam que o produto está velho. Quando comprar a verdura já limpa, observe se é mantida em refrigeração no supermercado. Caso não seja, não compre, pois a vida útil dela será menor.

Como guardar: O espinafre tem baixa durabilidade e deve ser consumido logo após a compra. Guardado na gaveta da geladeira e embrulhado em saco plástico, pode ser conservado por no máximo até três dias. É possível, ainda, congelá-lo: lave e seque bem as folhas logo após a compra e embale em saco plástico retirando todo o ar. Mantenha no freezer por 30 dias.

Mandioca

Como comprar: Normalmente, é vendida com a ponta cortada para que seja possível verificar a qualidade: seu interior deve ser branco, uniforme e sem manchas pretas, e a casca deve se soltar com facilidade. Se preferir comprar a mandioca já descascada, ela deve estar embalada a vácuo e indicar a data de validade. Lembre-se que tudo o que é comprado já cortado e descascado têm seu valor nutricional reduzido.

Como guardar: A mandioca deve ser consumida logo após a compra, pois estraga rapidamente. Se estiver inteira, guarde-a na geladeira por, no máximo, dois dias. Caso esteja cortada, conserve-a descascada e em pedaços mergulhada em água, na geladeira, por até quatro dias. Pode ser congelada após o cozimento e tem durabilidade de aproximadamente 30 dias.

Mandioquinha

Como comprar: Prefira as firmes, sem ferimentos nem manchas escuras na casca. Se estiver soltando uma espécie de líquido pegajoso, é sinal de que já está apodrecendo. Não compre se a raiz estiver grande demais (mais de 20 cm., aproximadamente), sinal de que a mandioquinha está velha e fibrosa.

Como guardar: Em local fresco e arejado, a mandioquinha dura cerca de dois dias. Na geladeira, embalada em saco plástico, dura de cinco dias a uma semana.

Milho-verde

Como comprar: O milho deve ser mantido longe da luz, em local fresco e arejado. Observe sempre a palha, que deve estar bem verde e não deve estar ressecada. Os grãos devem estar grandes e com brilho. Não compre se o produto estiver murcho e com manchas, isso é sinal de que está velho.

Como guardar: Procure cozinhar o milho no dia em que foi comprado, pois é um produto sensível e de baixa durabilidade. Caso não seja possível, conserve na geladeira dentro de sacos plásticos sem remover a casca de palha. Também é possível cozinhar o milho e guardá-lo cozido, retirando os grãos com auxílio de uma faca. Pode ser congelado após cocção e dura cerca de um mês. Em geladeira dura cerca de 3 dias após a cocção.

Pimentão

Como comprar: Independente de sua cor (verde, amarela ou vermelha), prefira os que têm cor viva e pele lisa. Ao escolher, pressione a superfície com o dedo. Ele não deve ceder.

Como guardar: Conserve o pimentão na geladeira por até oito dias, armazenando-os em sacos plásticos furados, nas prateleiras inferiores.

Repolho

Como comprar: Ele deve estar firme e sem rachaduras. As folhas não devem apresentar manchas escuras nem perfurações. Se tiver folhas soltas, o repolho não está em perfeito estado de conservação.

Como guardar: Conserve o repolho em saco plástico, na gaveta da geladeira, por até dez dias. Mas se estiver parcialmente cortado, guarde-o na geladeira, embalado em papel-filme, e consuma-o em até dois dias. É que depois de cortado, ele perde rapidamente a vitamina C e outros nutrientes. Após a cocção ele pode ser congelado por 30 dias. Procure absorver a água da cocção com um papel absorvente antes do congelamento, desta forma ele soltará menos água ao ser aquecido para o consumo.

Vagem

Como comprar: Prefira com cor verde uniforme. Não compre as murchas, com pontas escuras ou manchadas. E evite as vagens com saliências. Isso pode indicar que as sementes internas estão grandes e o produto já passou do ponto. Neste caso, ela pode ficar sem sabor.

Como guardar: Guarde-as na geladeira, sem lavar e em saco plástico, por até uma semana.

Tomate

Como comprar e guardar: O tomate deve ser comprado mais verde e, SEMPRE, devemos esperar pelo menos 10 dias para consumi-lo. São colocados fortes agrotóxicos sobre ele para que amadureça mais rápido e para evitar pragas. No rótulo do produto fica claro para o produtor que ele deve esperar 10 dias após aplicação do produto para a colheita, caso contrário, pode ser prejudicial à saúde. Porém, é raro que os produtores sigam esta regra, pois, caso esperem estes dez dias, correm o risco de os tomates amadurecerem demais e de perderem as vendas. Sendo assim, como não sabemos se o tempo correto foi respeitado, devemos aguardar 10 dias para consumir, evitando, assim, que estes agrotóxicos sejam ainda mais nocivos à nossa saúde. Conserve-os, ainda verdes, fora da geladeira até que comecem a amadurecer. Quando iniciar o processo de amadurecimento, coloque-os em geladeira.

Folhas de Temperos

Como comprar e guardar: Prefira sempre as mais frescas e bem verdes, sem partes escuras ou amolecidas. Podem ser embaladas com plástico filme com alguns furinhos em uma vasilha bem tampada. As folhas maiores e mais grossas devem ser armazenadas em potes bem fechados com um papel absorvente entre elas.

 

Lembre-se sempre de que, como já foi dito, a melhor forma para o consumo de frutas, legumes e verduras é na hora, sem comprá-los picadinhos. Além disso, as frutas devem, sempre que possível, ser consumidas com a casca.

Espero tê-los ajudado! Até a próxima!

 

LogoKarinFeiner
Karin Feiner é nutricionista (CRN 36543) formada pelo Centro Universitário São Camilo e apaixonada pela profissão. Seu foco é a reeducação alimentar, visando a qualidade de vida e a promoção de saúde através da alimentação.

Atualmente mantém um consultório em Cotia/SP e, caso haja interesse, as consultas podem ser agendadas pelo seu site.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: