Você está aqui:  / Dicas da Nutri / Como voltar a comer normalmente

Como voltar a comer normalmente

Desde o início da pandemia muito se fala sobre o “novo normal”, por conta dos hábitos antigos que foram adaptados e os novos adquiridos, mas falando sobre alimentação você já pensou o que é “comer normalmente”?

No Instagram do Cozinhando para 2 ou 1, foi aberta uma caixinha de perguntas sobre a alimentação nessa nova dinâmica, muitos disseram que melhoraram seus hábitos alimentares, outros que conseguiram manter e alguns mencionaram que estão enfrentando altos e baixos. Outras respostas citaram a falta de criatividade e disposição para preparar seus pratos diários. E você, como está a sua alimentação após todos esses acontecimentos? Teve modificações? Acredita que já voltou a comer normal?

A verdade é que não existe um jeito normal ou anormal de se comer, assim como não existe um jeito certo ou errado. O que existe são formas de comer — por exemplo, em certas ocasiões estamos mais conectados com o que comemos, já em outros momentos estamos desatentos.

Nascemos com a habilidade de nos alimentar quando estamos com fome e parar de comer quando estamos satisfeitos; quando pequenos seguimos essa sabedoria interna para regular a alimentação. À medida que vamos crescendo, somos ensinados a seguir as regras da casa, da escola, da convivência e a abrir mão de nossa intuição como guia. Quem não conhece alguém que não podia sair da mesa até terminar de comer toda a comida? Ou que come todo o prato que pediu no restaurante, mesmo que já esteja satisfeito, por sentir vergonha de pedir embrulhar para para viagem ou jogar fora? Será que essas atitudes contribuem ou atrapalham para um comer com mais atenção?

Ao escutar o nosso corpo é possível realizar escolhas (qual alimento comer em determinado momento e de qual forma [assado, cozido, frito, quente, frio etc.]) mais conscientes e de acordo com as nossas reais necessidades. Para te ajudar, trouxe quatro dicas de como comer respeitando os sinais e cuidando do seu corpo.

1. Realizar intervalos regulares entre as refeições: não é necessário comer de 3 em 3 horas, mas é recomendável ter uma faixa de horários para realizar as refeições ao longo do dia pois não é saudável passar longos períodos sem se alimentar, ou ficar apenas beliscando a todo momento em vez de parar e fazer uma refeição.

2. Comer quando estiver com fome e parar quando estiver satisfeito: quando você tem fome ou atingiu a saciedade, o corpo te envia sinais. É importante se atentar para o que a sua intuição está dizendo e não às regras que dizem a que horas, o que, quantas calorias e qual quantidade se deve comer.

3. Se sentir bem após comer: não se sentir culpado após escolher um alimento gostoso ou comer uma refeição saborosa. Todas as pessoas, independente do seu peso e formato corporal, devem apreciar uma boa refeição.

4. Saber ser flexível na alimentação: entender que não será em todas as refeições que você irá comer os alimentos que gostaria e está tudo bem. É importante ter em mente que apenas uma refeição que não saiu como esperada não apaga os dias, semanas e meses de uma alimentação saudável. Se uma refeição não saiu como você gostaria, respeite o momento e coma com atenção, para identificar o que pode ser feito em uma próxima vez.

É importante (re)aprender a fazer suas escolhas alimentares sem culpa ou dilemas, respeitando a fome, a vontade, a saciedade e valorizando o prazer em comer.

.


Mariana Ribeiro é nutricionista e te ajuda a fazer escolhas alimentares mais conscientes, em sintonia com o seu corpo, de acordo com o que há disponível e sem tirar o seu prazer em comer! Possui aprimoramento em transtornos alimentares pelo Ambulim, graduação em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo e também é formada como Técnica em Nutrição e Dietética, pelo Centro Paula Souza..

_ Instagram: @maribeiro.nutri

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


@CozinhandoPara2ou1 no Instagram

%d blogueiros gostam disto: