Você está aqui:  / Dicas da Nutri / 5 metas para melhorar a alimentação em 2021

5 metas para melhorar a alimentação em 2021

Todo início de ano a alimentação se faz presente nas metas das pessoas — quem não conhece alguém que já desejou perder X quilos no ano que se iniciava?

Para as metas de 2021, que tal inserir a alimentação de uma forma diferente? Metas menos agressivas, mais reais e para serem atingidas sem sofrimento, até porque a alimentação tem que ser algo leve e não um transtorno na sua vida.

.

5 metas para você incorporar na sua lista de 2021

1. Experimentar um alimento novo cada mês

Que jeito mais interessante de melhorar a alimentação se não diversificando o paladar? No final do ano você terá experimentado 12 alimentos diferentes!

Dê preferência às frutas, verduras ou legumes da estação porque, além de mais baratos, eles também estarão mais saborosos! Aqui no Cozinhando para 2 ou 1 temos diversas receitas diferentes para te inspirar a comer o alimento de várias maneiras, das receitas mais simples até as mais incrementadas, faça a sua escolha e se jogue na cozinha.

[ Para localizar as receitas, coloque o nome do ingrediente no campo de busca e veja diversas sugestões de preparo. ]

 

2. Respeitar a fome

A fome é uma sensação física. Se o seu corpo está pedindo por comida deve ter algum motivo, certo?

Resistir à fome não tem nenhuma relação com foco, força e fé — muitas vezes você só está se torturando sendo que o seu corpo precisa da comida!

Se corremos ao banheiro quando temos vontade de fazer xixi, porque com a fome é diferente? Quando estiver com fome, apenas coma.

 

3. Atingir a saciedade

Muitas vezes apenas “no olho” decidimos se a quantidade do que comemos é suficiente ou não, sem considerar o quanto ainda será necessário para chegar na saciedade.

Assim como a fome, a saciedade (que é o contrário da fome e o indicador de preenchimento do estômago) também é física: você precisa aprender a reconhecer no seu corpo quando comeu o suficiente; não “no olho” e muito menos com base nos comentários alheios.

Entenda com o seu corpo a quantidade suficiente para alcançar a saciedade.

 

4. Planejar as vontades

A vontade é diferente da fome. Enquanto a fome apresenta sinais no corpo, como a barriga roncando ou uma dor de cabeça, a vontade vem de uma memória aleatória ou até mesmo de algum estímulo, como o aroma dos pães ao passar em frente a uma padaria, a porção de batata frita na mesa com os amigos, entre muitos outros. Neste momento, o ideal é se organizar para consumir aquele alimento quando a fome chegar.

A ideia de que tudo que é bom engorda e deve ser evitado já está ultrapassada. Neste novo ano, reconheça as suas vontades e se planeje!

Toda vontade que é genuína não tem urgência e pode ser planejada. Se a sua vontade é para agora e não consegue esperar, vale a pena entender melhor o que está acontecendo no momento e não apenas comer o mais rápido possível.

 

5. Fazer escolhas conscientes

Chega da ideia de que alguém tem que te dizer o que você deve ou não comer.

Para o dia a dia, prefira os alimentos mais naturais, como frutas, verduras, legumes, grãos e cereais. Mas lembre-se de que suas vontades merecem ser escutadas e atendidas com planejamento e consciência.

 

Que no final de 2021 seja possível olhar para trás e perceber que tratou a alimentação de uma maneira mais pacífica, se desprendendo das regras do “pode ou não pode” e entendendo que nada é proibido, mas é necessário adequar o momento das refeições, a variedade e a quantidade, de acordo com o seu corpo e nada além disso.

 

.


Mariana Ribeiro é nutricionista e te ajuda a fazer escolhas alimentares mais conscientes, em sintonia com o seu corpo, de acordo com o que há disponível e sem tirar o seu prazer em comer! Possui aprimoramento em transtornos alimentares pelo Ambulim, graduação em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo e também é formada como Técnica em Nutrição e Dietética, pelo Centro Paula Souza..

_ Instagram: @maribeiro.nutri

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


@CozinhandoPara2ou1 no Instagram

%d blogueiros gostam disto: