Você está aqui:  / Segunda Sem Carne / Sem glúten / Sem lactose / Sopas, cremes e caldos / Vegana / Vegetais / Vegetariana / Sopa creme de brócolis (vegana)

Sopa creme de brócolis (vegana)

Não tem jeito: o inverno chega e me transforma em uma vovózinha friorenta que não abre mão da companhia de seu cobertor e de uma variedade de sopas quentinhas.

Esta sopa creme de brócolis é um bom coringa para resolver o jantar em noites frias. Como sempre mantenho um pote de tempero completo caseiro na geladeira e algum estoque de caldo de legumes no congelador, basta providenciar o brócolis (que muitas vezes também já está congelado) e escolher os temperos para finalizar o prato. Uma receita super prática e rápida, bem fácil de fazer.

Pode colocar no seu caderninho que eu garanto que vai ser sucesso! Ah, e ainda tem bônus especial: é comida sem lactose, sem glúten e vegana.

Sopa creme de brócolis

2 xícaras de brócolis separado em floretes (congelado ou fresco)
1 colher de sopa de azeite ou manteiga
1 colher de sopa de tempero completo caseiro (clique AQUI para acessar a receita completa)
2 e 1/2 xícaras de caldo de legumes ou de galinha (clique AQUI para acessar a receita completa)
200g. de creme de arroz (ou de arroz)
Sal e pimenta do reino a vontade

Em uma panela média, aqueça o azeite (ou manteiga, se preferir) e refogue o tempero caseiro pronto.

Adicione o brócolis (eu costumo aproveitar os talos nesta sopa, usando metade de clientes e metade de talos picados), coloque o caldo e deixe ferver por 10 a 15 minutos, com a panela destampada e mexendo de vez em quando.

Retire a panela do fogo, junte o creme de arroz (ou de leite, se preferir) e bata com um mixer ou no liquidificador até obter um creme homogêneo bem verdinho.

Prove e tempere com sal e pimenta do reino. Sirva em seguida. Se quiser, enfeite com floretes de brócolis branqueados.

Esta quantidade serve duas pessoas como uma refeição leve. Como não resisto, servi minha sopa creme de brócolis com um fio de azeite e queijo ralado.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

O que você achou? Tem alguma dúvida? Fez e quer comentar? Fique a vontade para escrever também.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram

%d blogueiros gostam disto: