You are here:  / Dicas da Nutri / Como manter o planejamento alimentar na Páscoa

Como manter o planejamento alimentar na Páscoa

Chocolate

Chegou o período mais doce do ano: a Páscoa. E, neste momento, o primeiro pensamento é “dar um tempo” no controle alimentar e, somente depois que acabarem os ovos, correr atrás do prejuízo. Será que este é o melhor caminho a seguir?

Para poucas pessoas, comer um pouco a mais de chocolate nessa época do ano não traz aumento de gordura corporal, mas para a maioria das pessoas que lutam diariamente para controlar o peso, uma quantidade a mais de chocolate na Páscoa costuma provocar frustrações na balança.

Se formos pensar em retomar o acompanhamento nutricional apenas após os períodos especiais, não será possível evoluir na Reeducação Alimentar. Isso porque durante todo o ano temos comemorações que atrapalham o objetivo do controle do peso, em especial após a Páscoa, pois coincide com o início do frio, quando temos mais fome e às vezes praticamos menos atividade física.

Para quem acha que controlar o consumo do chocolate é muito difícil e que não consegue consumi-lo em pequenas quantidades, a melhor opção seria evitar tê-lo nos armários de casa. Sei que o desafio é muito maior para quem tem crianças, mas é na infância que devemos educá-las para o consumo consciente dos alimentos.

Dê preferência a consumir chocolate nas próprias lojas especializadas (escolha os amargos, sempre) ou compre uma  pequena quantidade periodicamente. O chocolate, por ser um alimento muito prazeroso, exige grande esforço para que comamos apenas as 30 gramas diárias a que temos direito.

Caso ganhe um ovo de Páscoa, limite-se a comer um pedaço pequeno por dia (do tamanho de um mini Talento, por exemplo). Caso ganhe mais de um ovo, escolha o que você mais gosta e doe os demais ou guarde-os, caso consiga ter bastante controle no consumo futuro.

Vale lembrar que a maioria dos chocolates contêm muito açúcar e gordura (manteiga de cacau e leite gordo), por isso devemos escolher aqueles que têm mais cacau (e consequentemente menos gordura).

TiposChocolate_CozinhandoPara2ou1

O cacau presente no chocolate contém algumas associações metabólicas muito favoráveis ao nosso corpo, como as catequinas e os polifenóis, e está associado a uma melhora da pressão arterial e controle do colesterol sanguíneo. Além disto, o chocolate mais amargo contém um alto teor de teobromina, que é um agente responsável por aumentar a vasodilatação, diminuindo o risco de entupimento das artérias.

Na dúvida sobre a qualidade do chocolate que você vai comprar, confira a lista de ingredientes descrita no rótulo do produto. Verifique se o primeiro item é o cacau (isso significa que ele é o principal ingrediente) e evite aqueles em que logo no início desta lista constam o açúcar e a manteiga de cacau, pois eles estão correlacionados com aumento dos riscos para desenvolver doenças do coração.

A combinação fica ainda melhor quando associamos os chocolates mais amargos com as castanhas ou outros grãos, pois esta é uma ótima forma de oferecer ao organismo uma gordura boa e mais proteínas. Alguns estudos inclusive já associaram esta combinação (cacau + grãos) com a diminuição da vontade de comer doces de maneira exagerada e sem controle.

Dicas para manter o planejamento alimentar na Páscoa:

  • Para diminuir a vontade de chocolate, reduza drasticamente o sal (sódio) das refeições e de todos os alimentos e bebidas.
  • A maneira correta de saborear chocolate é morder pedaços muito pequenos e deixá-los derreter na boca pelo máximo de tempo que conseguir.
  • Nas reuniões de família no feriado, pode haver mesas fartas de sobremesas. A moderação deve ser maior ainda.
  • Evite o consumo da Colomba Pascal. Ao contrário do que se pensa, em alguns casos ela pode contribuir e muito para o aumento do peso porque é um alimento preparado com grande quantidade de açúcares, gorduras e farinha refinada. Uma fatia da colomba contém até 350 Kcal.

As datas comemorativas são uma tentação maior para quem se preocupa com a Reeducação Alimentar, mas não significa um período de privação e sofrimento. Com essas dicas e moderação é possível consumir os chocolates da Páscoa sem culpa e sem arrependimento depois.

Feliz Páscoa!

.

Logo-Thaís-Lamonica-Nutricionista

.

.

.

Thaís Lamonica é nutricionista com foco de trabalho na reeducação alimentar e no emagrecimento. Escolheu estudar Nutrição pois queria ajudar as pessoas através de um fator que estivesse presente na casa de todo mundo – o alimento. Acredita que pode auxiliá-las a entenderem que se alimentando melhor podem ter mais qualidade de vida, autoestima e longevidade.

Foto: reprodução da Wikipedia.

5 Comments

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

17 + cinco =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram