You are here:  / Dicas da Nutri / A importância do café da manhã

A importância do café da manhã

breakfast

Se você é um daqueles que pulam o café da manhã pois imagina que “economiza umas calorias” e acredita que seja uma boa estratégia para perder peso ou simplesmente porque não tem tempo ou apetite, a dica desde mês é pra você: ao acordar e não se alimentar em até 30 minutos, está cometendo um grande erro. Entenda os motivos.

O desjejum, também conhecido como café da manhã, recebe este nome porque é a primeira refeição realizada no dia e tem o objetivo de tirar o corpo do jejum noturno. Quando dormimos, o corpo entra em estado de relaxamento total, então tudo funciona mais devagar e o metabolismo cai também. Se você acorda e continua sem comer, o metabolismo não recebe nenhum estímulo para começar a funcionar normalmente, então, quanto mais tempo a pessoa demora a fazer a primeira refeição do dia, mais tempo ele irá demorar a “entrar nos eixos”.

Em outras palavras, o organismo acorda necessitando de energia para voltar a trabalhar em ritmo normal. Se não ingerimos nada, ele precisa tirar energia dos músculos para o coração bater, o pulmão funcionar, o cérebro pensar etc. Com o tempo, o organismo aprende a guardar a energia do dia anterior para utilizar nesse período de escassez. Como resultado, o seu metabolismo trabalhará mais lentamente ao longo do dia evitando o gasto de energia e guardará o máximo possível a cada refeição. Em vez de você fazer algo inteligente para emagrecer, você estará justamente favorecendo o acúmulo de energia (principalmente gordura) no seu corpo.

E os prejuízos não param por ai. Diversas funções do nosso corpo acabam sendo comprometidas, como por exemplo, alterações no aprendizado de crianças na fase escolar e diminuição do rendimento físico e mental nos adultos, o que compromete o desempenho nas atividades diárias e no ambiente de trabalho. Será que aquela preguiça matutina não é falta de um bom café da manhã?

O café da manhã, de acordo com alguns estudos, aumenta a oferta de vitaminas e minerais como o cálcio, essenciais para o bom funcionamento do corpo e prevenindo doenças como a osteoporose. Além disto, um estudo realizado em Boston mostrou que esta refeição pode ajudar na prevenção de Diabetes Mellitus e de Doenças Cardiovasculares, bem como ajudar na redução ou na manutenção do peso corporal.

Mas qual é a composição ideal de um bom café da manhã?

  1. Pão francês ou Pão de forma light ou integral light ou Tapioca (clique no link e aprenda a preparar a goma para fazer na frigideira) ou Torradas prontas ou bolachas sem recheio ou pacote de bolachas salgadas light (tipo Club Social, Toda Hora ou Nesfit) ou barra de cereal ou cereal matinal.
  2. Queijo branco ou Blanquet de peru ou Peito de Peru ou Presunto Magro ou Ricota ou Cottage ou Polenguinho light ou Requeijão ou Cream Cheese.
  3. Leite desnatado com ou sem café (com adoçante) ou Iogurte desnatado ou Capuccino light ou Leite de soja ou Achocolatado light.
  4. Fruta ou suco de uma fruta.

Mas e se o indivíduo não tem tempo ou não sente a menor fome? Observe algumas dicas:

  • Sem fome: Pessoas que não têm muito apetite aceitam melhor as bebidas. Sendo assim, algumas possibilidades são: Iogurte de Frutas Light; Suco de Frutas; Vitamina de Frutas com Leite ou Iogurte Desnatado.
  • Sem tempo: Hoje temos no mercado uma imensa oferta de alimentos práticos que podem ser consumidos no carro, no ônibus ou no caminho para o trabalho. Veja as opções: Embalagem individual de cookies integrais ou biscoito salgado integral, ou Barrinhas de cereais e, além disto, suco de Frutas de caixinha light ou Vitamina de Frutas pronta de caixinha.

O café da manhã é a refeição mais importante, que ajuda o corpo a acordar e a funcionar pelo resto do dia. Como já dizia o sábio ditado, temos que tomar café da manhã como rei, almoçar como príncipe e jantar como mendigo. Lembre-se disso e mantenha uma alimentação mais saudável para fornecer os nutrientes necessários para o bom funcionamento do organismo.

.

Logo-Thaís-Lamonica-Nutricionista
.

.

.

.
Thaís Lamonica é nutricionista com foco de trabalho na reeducação alimentar e no emagrecimento. Escolheu estudar Nutrição pois queria ajudar as pessoas através de um fator que estivesse presente na casa de todo mundo – o alimento. Acredita que pode auxiliá-las a entenderem que se alimentando melhor podem ter mais qualidade de vida, autoestima e longevidade.

* Foto: Reprodução

LEAVE A REPLY

Your email address will not be published. Required fields are marked ( required )

um × dois =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram