Você está aqui:  / Acompanhamentos / Aves / Entradas e petiscos / Massas e molhos / Reaproveitamentos / Sanduíches / Frango louco (carne louca de frango)

Frango louco (carne louca de frango)

img_20131111_140744.jpg

Sabe quando você abre o congelador com a esperança de encontrar alguma coisa diferente mas tem só o filé de frango de sempre?

Foi numa dessas ocasiões que resolvi inventar um jeito não tradicional de usar os ingredientes disponíveis e saiu esse frango desfiado temperadinho e saboroso. Ele pode ser servido tanto como um acompanhamento nas refeições do dia a dia como virar um sanduíche dentro do seu pão preferido. Pode também complementar a salada de folhas ou, com um pouco de molho de tomate, envolver uma massa cozida al dente.

Frango louco (carne louca de frango)

2 filés de frango cortados em cubos grandes (ou sobras de frango cozido/grelhado/assado)
1/2 cebola pequena picadinha
1 dente de alho amassado
2 xícaras de água
1/2 tomate pequeno picadinho
1/2 colher de chá de colorífico (colorau)
5 a 6 azeitonas picadas (opcional)
1/2 pimentão picado (opcional)
3 colheres de sopa de ervas frescas picadas
Azeite, sal e pimenta do reino a vontade

Aqueça um fio de azeite e refogue a cebola e o alho sem deixar dourar. Acrescente os cubos de frango e vá mexendo para que doure todos os lados. Coloque a água, o tomate, o colorífico e tempere com sal e pimenta do reino (sem exagero pois o caldo vai diminuir e o tempero, se intensificar). Mexa bem e deixe cozinhar em fogo baixo por mais ou menos 15 minutos ou até que o frango comece a se desfazer — a água deve estar bem reduzida (dica: se o frango já estiver cozido, reduza a água e o tempo pela metade).

Ainda com o fogo ligado, adicione as azeitonas, o pimentão e as ervas frescas e vá mexendo para que o frango desfie.

Você pode servir como um acompanhamento, em um sanduíche, em canapés ou com saladas (frio ou quente). Se preferir, acrescente um pouco de molho de tomate e envolva sua massa preferida.

Esta quantidade é suficiente para duas pessoas e pode ser congelada, caso haja sobras.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

12 Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

quinze − 12 =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram