Você está aqui:  / Entradas e petiscos / Segunda Sem Carne / Vegetais / Cogumelos recheados

Cogumelos recheados

wpid-img_20130429_164025.jpg
O jantar do Dia dos Namorados merece um cardápio especial. Esses cogumelos recheados ficam bonitos, gostosos e são bem fáceis de fazer. Uma sugestão diferente que pode ser o prato principal ou então acompanhar uma carne grelhada.

250g. de cogumelos grandes (champignons, paris ou shiitake)
1 1/2 colher de sopa rasa de manteiga
1 cebola pequena em cubos
1 dente de alho picadinho
50ml. de vinho branco ou conhaque
4 colheres de sopa de requeijão
30g. de gruyere ou gorgonzola despedaçado
1 1/2 colher de chá de ervas finas desidratadas
2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado
1 colher de sopa de farinha de rosca
Sal e pimenta do reino a vontade

Limpe bem os cogumelos (os da foto são paris) com um pano úmido (não lave-os pois eles absorvem a água e ficam ruins). Retire os cabos, pique-os bem e reserve-os.

Com uma colher pequena (ou o cabo de uma maior), limpe o centro dos cogumelos com cuidado para deixar espaço para o recheio. Descarte os resíduos.

Em uma panela ou frigideira grande, derreta a manteiga e doure os cogumelos. Arrume-os em um refratário e reserve-os.

Na mesma panela ou frigideira, adicione a cebola, o alho e os cabos dos champignons picadinhos e deixe refogar. Quando começar a dourar, coloque com cuidado o vinho branco ou o conhaque e deixe ferver até não sentir mais o aroma do álcool.

Acrescente o requeijão, o queijo escolhido, 1 colher de chá de ervas finas, pimenta do reino e mexa bem até ficar homogêneo. Prove e, se precisar, corrija o sal.

Recheie os cogumelos com o creme. Misture a farinha de rosca com o queijo ralado e o restante das ervas e distribua sobre os cogumelos recheados. Leve ao forno pré-aquecido em 200°C por 15 minutos para dourar.

Sirva como entrada ou com arroz branco e uma salada bonita. Você pode, também, acompanhar carnes grelhadas. Esta quantidade serve bem duas pessoas.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

quatro × 4 =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram