Você está aqui:  / Notícias / Montagem do prato pode deixar a comida mais saborosa

Montagem do prato pode deixar a comida mais saborosa

goodlookingmeals

Colocar a comida no prato de uma maneira mais elaborada pode afetar positivamente o seu sabor. Esta é a conclusão de um estudo recentemente realizado pela equipe de Charles Spence, professor de psicologia experimental da Universidade de Oxford, no Reino Unido.

Ou seja, de nada adianta passar horas na cozinha para preparar os alimentos e não ter nenhum cuidado ao servi-los. Até as refeições mais simples ficam muito mais especiais se estiverem mais bonitas — afinal, começamos a degustá-las com os olhos, antes mesmo de levá-la à boca. É por isso que eu sempre insisto aqui que vale a pena gastar um pouquinho mais de tempo ao colocar a comida no prato, principalmente se o objetivo é fotografar esta comida.

Durante a pesquisa, algumas receitas foram preparadas e divididas em três pratos diferentes: desde simplesmente colocadas sobre o prato até com os itens bem arrumados de forma mais caprichosa. Mais de 130 voluntários foram convidados a provar cada um dos pratos e escolher o melhor: segundo eles, pagariam até três vezes mais pelos pratos mais bonitos (ou gostosos, na opinião deles).

Apesar dos ingredientes e o modo de preparo serem exatamente os mesmos, uma salada na qual o pepino foi cortado em tiras mais finas e delicadas foi considerada mais saborosa. O bife com fritas, por sua vez, foi mais elogiado quando fatiado e colocado no centro do prato, em vez de inteiro na extremidade.

Para o professor Spence, nosso cérebro tende a entender que algo bonito seja muito mais gostoso e ele acredita que também é possível que haja uma tendência em valorizar a dedicação a mais ao dispor a comida no prato.

A minha dica é aproveitar estas informações para montar pratos cada vez mais bonitos e apetitosos — mesmo que seja só para a gente mesmo. 😉

Fonte: via e via.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

8 − cinco =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram