Você está aqui:  / Notícias / Quatro dos melhores vinhos do mundo são brasileiros e custam menos de R$ 30

Quatro dos melhores vinhos do mundo são brasileiros e custam menos de R$ 30

melhoresvinhosbrasileiros

Sabe aquela crença de que os melhores vinhos são os importados mais caros? Pois saiba que nem sempre ela é verdadeira.

Entre os 100 melhores vinhos do mundo de 2015, segundo a Associação Mundial de Jornalistas e Escritores de Vinhos e Licores (WAWWJ), quatro são brasileiros. No Top 10, aparecem em oitavo lugar o Marcus James Espumante Brut, da vinícola Aurora e, em nono, o Espumante Garibaldi Prosecco Brut, da Cooperativa Vinícola Garibaldi.

Além deles, também foram classificados o Aurora Espumante Chardonnay Brut, da vinícola Aurora (47° lugar) e o Garibaldi Espumante Moscatel, da Cooperativa Vinícola Garibaldi (60° lugar).

O mais interessante é que o Marcus James Espumante Brut, o brasileiro melhor colocado no ranking, é um dos mais baratos da lista, sendo vendido até por R$ 19 em grandes redes de supermercado ou empórios. E nosso mais caro, o Espumante Garibaldi Prosecco Brut, não chega aos R$ 30, em média. Entre esses valores também encontram-se os outros dois melhores vinhos nacionais.

A classificação anual é resultado da combinação dos resultados de 74 concursos mundiais de bebidas, como o Concours Mondial de Bruxelles e o International Wine Challenge. As pontuações de cada um dos vinhos variam de acordo com a importância relativa do concurso e a posição dentro deles.

Repetindo o feito do ano passado, o número um do mundo foi o champanhe francês Charles Heidsieck Blanc des Millénaires Millesime 1995, da vinícola Vranken Pommery Monopole Heidsieck. Entre os dez primeiros colocados, além dos dois brasileiros, foram classificados três rótulos franceses, dois espanhóis, dois australianos e um norte-americano.

Foto: divulgação

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

18 − 9 =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram