Você está aqui:  / Aves / Chester assado no suco de laranja

Chester assado no suco de laranja

ChesterAssadoNoCaldoDeLaranja_CozinhandoPara2ou1

Ok, vocês venceram. Resisti ao máximo em colocar uma receita enooorme com o tradicional frangão de Natal mas vocês pedem e eu tenho um sério problema em dizer não. Pois aqui vai uma forma de deixar o chester, que já vem temperado, um pouco mais saboroso e com gostinho de “feito em casa”. A laranja dá um toque especial à carne e a deixa ainda mais macia e suculenta, como deve ser.

A foto não está tão boa quanto gostaria pois não foi tirada para ilustrar uma das receitas aqui, mas apenas mostrar como o “meu” chester do ano passado tinha ficado douradinho. Para este ano, ainda não decidimos como será preparado nosso frangão.

Chester assado no suco de laranja

1 chester (ou outra ave similar, já temperada)
1 cebola
1 folha de louro grande
2 cravos da índia
1 dente de alho amassado
1 colher de sopa de margarina
1 copo de suco de laranja (250 ml)

Descongele o chester de acordo com as instruções. Este não tinha os miúdos dentro, mas se o seu tiver, retire-os e reserve (você pode fazer farofa ou então usá-los para preparar caldos e sopas).

Comece espetando na cebola inteira e sem casca os cravos para segurarem a folha de louro. Depois coloque-a dentro do chester — ela ajuda a deixar a carne saborosa e úmida enquanto assa.

Cubra uma assadeira com papel alumínio e coloque o chester. Misture o alho na margarina e besunte bem a ave. Por cima jogue o suco de laranja, cubra com papel alumínio e leve ao forno preaquecido em 250ºC por mais ou menos 40 minutos.

Depois, retire o papel alumínio, regue o chester com o suco da assadeira e retorne ao forno por mais 40 minutos, regando novamente a cada 10 minutos, até que fique bem dourado.

Retire a cebola de dentro do chester e coloque-o em um prato ou refratário para servir.

Não sei quantas porções rendem, mas são muitas e com certeza vai sobrar um pouco para o almoço do dia seguinte. 😉

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

vinte − dezenove =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram