Você está aqui:  / Calorias reduzidas / Entradas e petiscos / Segunda Sem Carne / Vegetais / Antepasto de berinjela (caponata)

Antepasto de berinjela (caponata)

wpid-img_20130522_112152.jpg

Não sou muito fã de berinjela, por isso sempre a preparo com outros ingredientes de que gosto muito para compensar. Mas desta forma, com ela como protagonista do prato, seu sabor fica tão diferente e gostoso que não consigo resistir. E o melhor é que pode ser servido como antepasto, acompanhamento ou envolver uma massa no lugar do molho.

1 berinjela pequena em cubos ou tirinhas
1/2 tomate sem pele e sem sementes picadinho (opcional)
1 cebola pequena em cubinhos
1 dente de alho amassado
1/2 pimentão picadinho (verde, vermelho ou amarelo)
1 pitada de orégano
1/2 colher de chá de pimenta calabresa
1 colher de sopa de vinagre
Azeitonas picadas
Azeite, sal e pimenta do reino a vontade
Opcionais: alcaparras, uvas passas, castanhas, nozes, amêndoas etc.

Eu prefiro usar a berinjela em tiras fininhas, pois além de cozinhar mais rápido, não fica caindo da torradinha na hora de comer. Mas, se preferir, use cubinhos e pode servir também como um acompanhamento.

Para começar, aqueça uma panela média e cubra o fundo com azeite para refogar o alho e a cebola (eu prefiro usar da roxa) até começar a dourar. Acrescente a berinjela, o tomate, o pimentão (eu não usei porque não tinha em casa), o orégano, o vinagre, e, se quiser, algum(ns) do(s) ingrediente(s) opcionais. Mexa bem para envolver tudo com o azeite, tempere com sal e pimenta do reino.

Deixe cozinhar em fogo baixo por cerca de 5 a 10 minutos, mexendo de vez em quando até a berinjela ficar macia (o tempo vai depender do tamanho dos pedaços). Adicione as azeitonas e misture bem.

Você pode servir ainda quente como acompanhamento ou envolver uma massa cozida. Se preferir (eu prefiro), deixe na geladeira em pote bem fechado por até 10 dias na geladeira e sirva frio como antepasto com torradinhas.

É aquariana, curiosa, jornalista e tem uma infinidade de interesses — entre eles, a culinária. Não é chef (nem pretende ser) mas a necessidade de morar sozinha a fez experimentar a alquimia das panelas e descobrir que o fogão não é um bicho de quatro bocas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados ( obrigatório )

5 × quatro =

Categorias

Arquivos



mytaste.com.br


Acompanhe nosso instagram